Vídeos

Loading...

quarta-feira, 30 de abril de 2014

CAPITAL DO XAXADO VAI SEDIAR O 2º ENCONTRO DE SECRETÁRIOS E DIRIGENTES MUNICIPAIS DE TURISMO

=>Nos próximos dias 7 e 8 de maio, Serra Talhada, Capital do Xaxado, será também a Capital do Turismo Pernambucano.

A ASTUR/PE (Associação das Secretarias de Turismo de Pernambuco) em parceria com a Prefeitura municipal, através da SECULT/ST (Secretaria de Cultura e Turismo de Serra Talhada), vão realizar o II ENCONTRO DE SECRETÁRIOS E DIRIGENTES MUNICIPAIS DE TURISMO 2014. Segundo o Secretário de Turismo de Serra Talhada, Anildomá Willans, o encontro representa “um largo passo na direção da consolidação de Pernambuco como um dos principais destinos turísticos no cenário nacional, com atrativos não só no litoral mas, em todas as regiões do Estado inclusive no sertão”.
No dia 07 acontecerá a abertura do encontro no Auditório do Hotel Pousada Império da Serra, na oportunidade será feita a composição da mesa com falas de autoridades presentes, logo em seguida, palestra com Laércio Queiroz sobre Consórcio de Turismo. Depois os municípios apresentarão suas experiências com consórcio seguido de debate, com perguntas e questionamentos sobre o tema. Os trabalhos serão retomados às 14 horas com palestra sobre Estruturação da Gestão Municipal do Turismo com o palestrante Gil Marinho. A Partir das 17 horas a ASTUR fará seus informes, seguido de um momento gastronômico dos municípios e as 17:40 está previsto para o encerramento do período da tarde. A noite será bem cultural com apresentação do Grupo de Xaxado Cabras de Lampião. 
IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA PENHA
No dia 08 a ASTUR, juntamente com a SECULT/ST efetuará um City Tour pelos principais aparelhos turísticos da Capital do Xaxado. “Este é um momento muito importante para Serra Talhada. desde o início do Governo recebemos do prefeito Luciano Duque a tarefa de projetar o município turisticamente, transformando nossas potencialidades turísticas em dividendos em favor da nossa gente. A realização do Encontro aqui é a prova de que estamos trilhando o caminho certo”, declarou Anildomá.

terça-feira, 29 de abril de 2014

TEM SAMBA DE RAIZ NO MUSEU DO CANGAÇO



O GRUPO DE XAXADO CABRAS DE LAMPIÃO está promovendo uma temporada de apresentações do seu espetáculo durante os meses de abril e maio de 2014, “NO QUINTAL DO MUSEU”, no Museu do Cangaço, em Serra Talhada, todos os sábados, às 20h, com entrada gratuita. Já passaram pelo Projeto o Coco Trupé de Arcoverde, os violeiros repentistas Sebastião Dias, Zé Carlos do Pajeú e Pedro de Alcântara, além da vários grupos de danças populares.

“A ideia é oferecer ao público a oportunidade de conhecer o espetáculo de maior representatividade de Serra Talhada e ao mesmo tempo construir o ambiente que vai culminar com o X ENCONTRO NORDESTINO DE XAXADO, abrindo as portas para o São João”, explica Cleonice Maria, diretora do espetáculo e presidente da Fundação Cultural Cabras de Lampião.
Já está previsto a participação da Sanfônica de Carnaíba, show de Samba de Raiz, espetáculos de teatro popular, entre outras atrações regionais.
Sábado próximo, dia 03 de maio, apresenta-se KAKAZINHO E SAMBA DE RAIZ.
Essa temporada faz parte do Projeto de Manutenção do Grupo de Xaxado Cabras de Lampião, patrocinado pelo Funcultura / Fundarpe / Secretaria de Cultura / Governo de Pernambuco, com o apoio da Prefeitura de Serra Talhada / Sesc.


segunda-feira, 28 de abril de 2014

PROJETO LEVA TEATRO A 5 ESCOLAS MUNICIPAIS DE SERRA TALHADA

 
FOTO DA APRESENTAÇÃO NA ESCOLA ANTONIO FIRMINO
          A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo incentivando a Equipe Teatral de Serra Talhada lança o PROJETO TEM TEATRO NA ESCOLA, levando teatro a cinco Escolas Municipais, a saber: Escola Antonio Firmino, Tabelião na Malhada, Antonio Medeiros, Cônego Torres e Imaculada Conceição o espetáculo que está circulando é a Comédia FULNANA, SICRANA, BELTRANA; é o artista indo aonde o povo está levando arte, entretenimento e aproximando alunos e professores de seus valores culturais, gerando transformações e despertando valores em quem participa da ação artística presente na escola, pois além da peça apresentada que tem texto de Paulo Sacaldassy é realizado ao final da encenação um debate sobre o contexto da história narrada no “palco”.  
O espetáculo trás em sua essência o valor da amizade entre três mulheres bem distintas, proporcionando muitas risadas ao narrar fatos, atos e dizeres do dia-a-dia feminino e colocar em cheque os percalços que as amizades vivem ao longo do tempo, com ou sem a presença física dos amigos.
O projeto TEM TEATRO NA ESCOLA objetiva Desenvolver no aluno o desejo pela expressão artística, levá-los a pensar sua personalidade, bem como descobrir seus talentos e caminho a ser seguido na vida, mexer com o intelecto, afetivo e físico do participante, envolver o aluno/ator dentro do processo de criação do texto até a encenação através do debate após a apresentação.
FOTO DA APRESENTAÇÃO NA ESCOLA DE VARZINHA
A arte proporciona interação junto aos professores e alunos num espetáculo, atrativo e encantador que coloca diante do educando questionamentos sobre seu comportamento e a valorização do ensino em sua vida; pondo em “cheque” a importância do zelo pela escola (prédio) e pelo corpo docente que o prepara para ser cidadão. O Projeto desperta no aluno o interesse pelo assunto tratado na peça e abre caminhos amplos de discussão e conhecimento em uma conversa descontraída e divertida com os artistas envolvidos na produção cultural.
Teve inicio no ultimo dia 23 e segue em 29 e 30 de abril e 13 e 14 de maio, com inicio às 19:30h.
 




  

ANIVERSÁRIO DE 450 ANOS DE SHAKESPEARE CONSAGRA A FORÇA DO ESCRITOR INGLÊS


=>Há 450 anos, em 23 de abril de 1564, nascia William Shakespeare. De sua pena saíram quase 40 peças, mais de 150 sonetos, dois poemas narrativos. Transformou-se no mais influente dramaturgo do mundo. Suas histórias foram levadas para a ópera, para o balé, para o cinema e ainda hoje, alimentam milhares de teses acadêmicas, e títulos literários. Seu aniversário será celebrado pelos quatro cantos da Terra. Na Stratford-upon- Avon natal, planeja-se algo maior do que a já tradicional parada de aniversário. A cidade abrigará um fim de semana (dias 26 e 27 de abril) com atividades que vão de procissão a espetáculo da Royal Shakespeare Company e queima de fogos. Em Londres, o Shakespeare's Globe Theater vai abrir as portas para programação gratuita e inicia neste mês a empreitada de dar uma volta completa no globo terrestre, encenando "Hamlet" até abril de 2016, quando se completam os 400 anos da morte do dramaturgo.

Shakespeare trabalhou com clichês, mas nunca se aproximou da possibilidade de ser um. Sendo, talvez, o autor ocidental mais encenado nos últimos séculos, a data redonda é um fetiche para movimentações comerciais, turísticas e diplomáticas, mas também é um estimulante para eventos artísticos, científicos e filosóficos”, decretou, logo de cara, o professor Fernando Villar, o mais recorrente nome do Departamento de Artes Cênicas da Universidade de Brasília quando o assunto é William Shakespeare.

Assim, não há mal algum em celebrar o dia de nascimento (e, coincidentemente, de morte) do pai de Hamlet, Romeu e Julieta, MacBeth, e tantos outros. Na cidade natal, Stratford-upon-Avon, a festa começou há algumas semanas, mas a catarse da programação ficou para hoje, com leituras, cursos e disputadas peças.


=>O que vem por aí Até o fim do ano, uma série de encenações para textos de Shakespeare chegará aos palcos do país. Na próxima terça-feira, o grupo Clowns de Shakespeare e o diretor Gabriel Vilella abrem, no Rio, a 3ª edição do festival Cena Brasil Internacional com “Sua incelença, Ricardo III”, na Praça dos Correios, às 20h. Também em cartaz está a versão solo para “Ricardo III” com o ator Gustavo Gasparani, no Planetário. Para o mês que vem a expectativa é pela chegada da companhia alemã Berliner Ensemble, que estreia “Hamlet” no Festival Internacional de Teatro de Belo Horizonte, no dia 17 de maio. No segundo semestre, o Grupo Nós do Morro estreia “A megera domada”, com direção de Fernando Mello da Costa, enquanto Bruce Gomlevsky assina a direção de “Timão de Atenas”, e Emanuel Aragão e os Irmãos Guimarães constroem “FotoHamlet”. São Paulo irá receber quatro novas obras do “Shakespeare — Projeto 39”, que tem como objetivo encenar as 39 peças de Shakespeare nos próximos dez anos. Em 2014 estreiam “Os dois cavalheiros de Verona”, com direção de Kleber Montanheiro, “Romeu e Julieta”, dirigida por Vladimir Capella, “Tróilo e Créssida”, assinada por Jô Soares e “As alegres comadres de Windsor”, por Cacá Rosset.

EXPOSIÇÃO EM CARUARU HOMENAGEIA A ARTESÃ LÍDIA VIEIRA

Divulgação
Descrição da imagem
=>Está em cartaz até o dia 10 de maio, no MUBAC – Museu do Barro de Caruaru, a exposição “As Marias sob o olhar de Lídia Vieira”. Tendo como objetivo promover o reconhecimento e a valorização das obras deixadas pela tracunhaense Lívia Vieira, falecida no ano de 1974, a exposição remete as formas femininas santas e pecadoras, retratando a figura da mulher e sua relação com a religiosidade no decorrer da produção artística da artesã. 

Lídia Vieira foi uma das artesãs pioneiras na cidade de Tracunhaém, Zona da Mata Norte de Pernambuco. Filha de louceiros, quando criança criava brinquedos de barro para vender na feira, junto com os irmãos. Consagrou-se como ceramista, com a produção de figuras na maioria femininas ligadas à liturgia católica. Acreditando no poder dessas obras, ao produzir os santos, temia queimá-los no fogo e, por isso, não os consideravam como tais até a conclusão do processo de queima.

Ela nasce em 1911, Lídia Vieira, em Tracunhaém, interior do estado de Pernambuco. Filha de louceiros, em criança cria brinquedos de barro para vender na feira, junto com os irmãos José Antônio, Antônia da Conceição e Regina da Conceição. Consagra-se como ceramista, com a produção de figuras ligadas à liturgia católica. Acreditando no poder dessas obras, ao produzir os santos, temia queimá-los no fogo e, por isso, não os considerava como tal, antes que o processo de queima fosse concluído. Suas peças são ocas e a superfície é marcada por desenhos delicados, em baixo-relevo, e por linhas ponteadas obtidas pelo uso de carretilha ou palito. Doente do coração, morre em sua cidade natal, em 1974.

O MUBAC está localizado no Espaço Zé Caboclo, no Alto do Moura. O horário de funcionamento é de terça-feira a sábado, das 8h às 17h. Aos Domingos, o museu funciona das 9h às 13h. 

=>Informações e agendamentos de visitas em grupo podem ser realizados através do telefone: (81) 3727-7839.

quinta-feira, 24 de abril de 2014

PONTOS DE CULTURA DE PERNAMBUCO REALIZAM O ENCONTRO TEIA


Serra Talhada participa da TEIA/PE - Evento que irá promover a troca de experiências entre agentes e gestores de cultura. Na ocasião, serão eleitos os representantes estaduais que irão participar da Teia Nacional.
Mais de uma centena de agentes e gestores culturais se reúnem na “Teia Pernambuco 2014/2015 – Encontro de Pontos de Cultura”, que acontece nesta sexta-feira e sábado, dias 25 e 26 de abril, no Recife, no hotel Canariu´s Palace, em Boa Viagem. O evento tem o intuito de promover a troca de experiências entre os Pontos de Cultura e estabelecer diretrizes e ações permanentes para o Programa Cultura Viva em Pernambuco. O encontro é chamado simbolicamente de “Teia” por promover a união de diversos pontos e precede o fórum nacional. Por isso, na ocasião, serão eleitos 12 delegados para representar Pernambuco na Teia Nacional. Haverá ainda a escolha de um representante pernambucano para integrar a Comissão Nacional de Pontos de Cultura (CNPdC).

Atualmente, Pernambuco conta com 154 Pontos de Cultura, sendo 120 conveniados com a Fundarpe e 34 Pontos conveniados com o Ministério da Cultura (MinC). Deste total, 118 entidades confirmaram participação no evento. Os representantes do interior do estado de Pernambuco (regiões Zona da Mata, Agreste e Sertão) terão transporte e hospedagem custeados pelo MinC. 

Aqueles que tiverem dúvidas sobre o transporte e a participação na Teia poderão entrar em contato com a Coordenação dos Pontos de Cultura, na Fundarpe, pelo telefone (81) 3184-3013 e pontosdeculturape.fundarpe@gmail.com. Na sexta-feira (25/04), os participantes precisam chegar com antecedência para efetuar o credenciamento, realizado das 10h às 12h, no próprio hotel, localizado na Rua dos Navegantes, 435, Boa Viagem.

A mesa de abertura da Teia estadual será realizada, na sexta-feira (25/04), às 14h, com a participação da secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural do MinC, Márcia Rollemberg; do secretário de Cultura de Pernambuco, Marcelo Canuto; do presidente da Fundarpe, Severino Pessoa; e do representante da rede pernambucana de Pontos de Cultura de Cultura (Rede-PE), Fabiano Santos. A proposta do encontro é fortalecer a atuação política da REDE-PE, conselho civil, de caráter deliberativo e sem fins lucrativos, formado por representantes dos Pontos de Pernambuco. Na Teia, a REDE-PE pretende firmar um calendário efetivo de diálogo entre os Pontos de Cultura e a gestão pública. Nos dois dias de encontro, serão debatidas e elaboradas propostas para o desenvolvimento de políticas públicas do Programa Cultura Viva e haverá eleição do novo conselho e delegados da REDE-PE.

No sábado (26/04), às 9h, a Coordenadora de Cooperação e Articulação da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC) do Ministério da Cultura, Deborah Maria Garcia Lobo, irá explanar os preparativos para a TEIA Nacional. Em seguida, às 11h, será realizada a eleição dos 58 integrantes da rede, entre delegados e conselheiros, com representantes de cada uma das 12 RDs do Estado e das linguagens artísticas. Posteriormente, às 14h, serão escolhidos os delegados de Pernambuco para a TEIA Nacional.

Articulação 
A Teia Nacional será realizada, de 19 a 24 de maio, em Natal, com o objetivo de reunir integrantes dos Pontos de Cultura de todo o país em uma grande comunhão. Entre as premissas do evento estão a ruptura de hierarquias culturais e a construção de novas legitimidades no processo de transformação do Brasil e das políticas públicas de cultura. O Fórum fomenta a construção de marcos legais que reconhecem a autonomia e o protagonismo dos agentes culturais. Fora o viés político, os encontros nacionais da Teia são uma importante manifestação cultural. Em todas as edições, uma programação cultural intensa permeia as discussões e serve de vitrine para os Pontos de Cultura se apresentarem e se conhecerem.

Pontos de Cultura 
São entidades, sem fins lucrativos, com projetos conveniados através dos editais de seleção da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e do Ministério da Cultura (MinC). Os Pontos de Cultura desempenham o papel de articular ações entre a comunidade e o Estado, visando à preservação de valores culturais, à transmissão de conhecimento e tradições dos grupos de cultura, além de assegurar ações que estimulem a inclusão social.


SELECIONADOS PARA O "X ENCONTRO NORDESTINO DE XAXADO".

A FUNDAÇÃO CULTURAL CABRAS DE LAMPIÃO DIVULGA LISTA DOS GRUPOS QUE IRÃO COMPOR A PROGRAMAÇÃO DO “X ENCONTRO NORDESTINO DE XAXADO” QUE SE REALIZARÁ EM SERRA TALHADA/PE, NOS DIAS 05, 06, 07 E 08 DE JUNHO DE 2014. ALÉM DAS APRESENTAÇÕES DE XAXADO HAVERÁ SHOWS COM ARTISTAS REGIONAIS, FEIRA DE ARTESANATOS, PALESTRAS E FEIRA DE LIVROS. TODA PROGRAMAÇÃO ACONTECERÁ NA ESTAÇÃO DO FORRÓ, MAS HAVERÁ TAMBÉM UM PÓLO NA ÁREA DE ALIMENTAÇÃO DA FEIRA LIVRE, ONDE ALGUNS GRUPOS FARÃO ESPETÁCULOS PARA O PÚBLICO QUE FREQUENTA AQUELE ESPAÇO, ASSIM COMO A SALA DE MULTMÍDIA DO MUSEU DO CANGAÇO RECEBERÁ PALESTRAS. O “X ENCONTRO NORDESTINO DE XAXADO” É PATROCINADO PELO FUNCULTURA / FUNDARPE / SECRETARIA DE CULTURA / GOVERNO DE PERNAMBUCO, E TEM O APOIO DO SEBRAE / SESC / ARTEPE / SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA E TURISMO / PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRA TALHADA.

1.     Grupo Fênix – João Pessoa – PB
2.     Grupo Gilvan Santos – Serra Talhada – PE
3.     Grupo Dinâmico Cultural – João Pessoa – PB
4.     Grupo de Tradições Folclóricas Moenda – Areia – PB
5.     Bandoleiros de Solidão – Solidão – PE
6.     Grupo de Xaxado Parnamirim – Parnamirim  – RN
7.     Grupo Herdeiros do Xaxado – Serra Talhada – PE
8.     Grupo Luís Pedro – Triunfo – PE
9.     Grupo  Mulheres do Cangaço – SESC – João Pessoa - PB
10.                       Grupo de Xaxado no Rastro de Lampião - Parnamirim – PE
11.                       Grupo Renascer do Sertão – Jericó/Triunfo – PE
12.                       Grupo de Xaxado Cabras De Lampião – Serra Talhada - PE
13.                       Tenente Lucena – Sesc – João Pessoa – PB
14.                       Tropa de Danças Regionais – Joca Claudino – PB
15.                       Grupo Estrela de Couro – Passa e Fica – RN
16.                       Associação Cultural Maria Bonita – Umarí – CE
17.                       Grupo Parafolclórico Terra da Luz – Fortaleza – CE
18.                       Cia Soul Dance – Salgueiro – PE
19.                       Grupo Estrelas do Cangaço – José da Penha – RN
20.                       Grupo Pisada de Lampião – Poço Redondo – SE



quarta-feira, 23 de abril de 2014

TEM TEATRO NA ESCOLA COMEÇA A CIRCULAR NESTA QUARTA-FEIRA

=>PROJETO TEM TEATRO NA ESCOLA - Numa iniciativa da Prefeitura Municipal de Serra Talhada, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, em parceria com a Secretaria de Educação, a Equipe Teatral de Serra Talhada, vai circular por cinco escolas municipais com a Comédia FULANA, SICRANA, BELTRANA, levando ao pé da letra o que se aprende, “o artista indo onde o povo está” levando arte, entretenimento e aproximando as pessoas de seus valores culturais, gerando transformações e despertando valores em quem participa da ação artística presente na escola, realizando ao final um debate sobre o contexto da história narrada no “palco”. O Projeto será realizado no horário noturno visando atender os alunos de ensino médio e EJA.

O Projeto TEM TEATRO NA ESCOLA começa hoje, quarta-feIra, na Escola Antonio Firmino, no distrito de Varzinha, às 19 horas.

terça-feira, 22 de abril de 2014

I JORNADA DE FORMAÇÃO DE COMBATE AO RACISMO

A Secretaria de Combate ao Racismo do PT/PE, com a Escola Nacional de Formação Política e a Secretaria Nacional de Combate ao Racismo promove um debate teórico sobre o racismo e a questão nacional na I JORNADA DE FORMAÇÃO DE COMBATE AO RACISMO, com objetivo de refletir sobre as práticas discriminatórias submersas no cotidiano da classe trabalhadora e a construir consenso e compromisso governamental para a expansão nacional da política pública de ação afirmativa em toda a sua expressão e manifestação.
A jornada traz ao conjunto dos petistas um momento singular para expandir, conhecer, compartilhar experiências da história de negros e negras no PT, reconhecer novas visões historiográficas, subsidiar ativistas e gestores petistas na construção de um política nacional de combate ao racismo com três dimensões importantes:
1.     Como uma tarefa política de todos os setores progressistas da sociedade brasileira;
2.     Com capilaridade potencial para desenraizar o modelo estruturante do racismo à brasileira; e
3.     Com a abordagem histórica do nosso ideário baseado na perspectiva do socialismo democrático.
A Etapa Estadual acontecerá nos dias 25, 26 e 27 de abril, no município de Serra Talhada, primeira gestão a instituir a Secretaria municipal de Promoção da Igualdade racial no estado. Nos dias 26 e 27 realizaremos as atividades de formação na comunidade quilombola Catolé dos Índios Pretos.
A abertura será realizada na Câmara Municipal de Serra Talhada, às 10h e terá a presença já confirmada do prefeito Luciano Duque, vereadores e lideranças de Serra Talhada e da região; dos senadores Humberto Costa e Armando Monteiro; do deputado Estadual Manoel de Serra; dos deputados Federais Fernando Ferro, João Paulo e Pedro  Eugênio; do tesoureiro da CUT Sergio Goiana, da Presidenta do PT Estadual Teresa Leitão, da Secretária Estadual de Combate ao Racismo do PT/PB Socorro Pimentel e da Secretária Nacional de Combate ao Racismo Cida Abreu.
No dia 26, no sábado, às 20 horas, a concentração será no Quintal do Museu, no MUSEU DO CANGAÇO, na Estação do Forró, antiga Vila Ferroviária, haverá apresentações culturais, como o GRUPO DE XAXADO CABRAS DE LAMPIÃO, Samba de Coco e grupos musicais.


terça-feira, 15 de abril de 2014

VIA SACRA DO JESUS A PAIXÃO DE CRISTO DE SERRA TALHADA



=>O bairro do Bom Jesus em Serra Talhada, que por Padroeiro o Cristo Ressuscitado tem uma tradição de fazer pelas ruas do bairro a Via Sacra, lembrando os passos de Jesus em sua Peregrinação terrena; durante muitos anos a comunidade fazia pelas ruas e casas de moradores na quinta-feira da Paixão os paroquianos se vestiam de túnicas e lençóis vivenciavam as “estações”, que mostravam os passos de Cristo antes da crucificação.
A 6 anos houve uma intervenção e esse evento da paróquia do Bom Jesus Ressuscitado ganhou ares de grande espetáculo; o poder publico Governo Municipal e o Governo Estadual Através do Edital Pernambuco de Todas as Paixões), o Centro Dramático Pajeú e outros parceiros que vieram somar e fazer de algo que começou pequeno em algo que chamasse atenção de todo município e hoje leva milhares de pessoas aquele bairro que trás em si um ar de preconceito. Tudo por conta do espetáculo Via Sacra do Bom Jesus a Paixão de Cristo de Serra Talhada, com Direção de Ivanildo Duarte e texto construído a partir dos relatos Bíblicos, com adaptação também de Ivanildo deu novo brilho a encenação que ganhou figurinos assinado por Paulo Cesar e Confeccionados pela Escola de Artes da cidade trazendo cor e vida numa demonstração da força de artistas que muita vezes estão escondidos e só precisam de um incentivo para mostra talento, graça, assim, as ruas do Alto do Bom Jesus, se transformam em palco para um drama que encanta e que a cada ano vem com mudanças e novos detalhes que faz quem assisti relembrar de fato a trajetória de Cristo sobre a terra.
Nesse 6º a encenação é realizada pelo Centro Dramático Pajeú de realizada e parceria com o EJC do Bom Jesus, jovens que diariamente segue os passos do Filho de Deus; incentivo do Pernambuco de Todas as Paixões e o Governo de Serra Talhada Secretaria de Cultura e Turismo.

Utilizando prédios e marquises da Praça da Rua 4 são montados também palcos, além da Linha Ferria/Lagoa para  contar a história da vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo, o Messias. No elenco da peça estão os integrantes do EJC (Encontro dos Jovens com Cristo), moradores da comunidade e atores convidados totalizando quase 100 pessoas envolvidas na execução do espetáculo, que emociona crianças, jovens e adultos em procissão pelas ruas. O talento dos ‘atores’ nos faz relembrar a paixão de Cristo, levando uma mensagem de amor e compaixão a todos os presentes. A Via Sacra do Bom Jesus é um evento que está incluído no calendário oficial do município, valorizando o turismo e fortalecendo cada vez mais o desenvolvimento artístico-cultural da cidade.
“É um trabalho de formiguinha, que requer tempo e sacrifício, o que fazemos hoje é um milagre, a que se melhorar muito ainda, não estou desmerecendo a encenação afinal, assino a direção artística, mas a estrutura o jeito como conduzimos ainda é muito domestico; esse é meu quinto ano a frente e vejo que há muito a fazer”.
Comenta Duarte; já para Modesto de Barros que já fez o Cristo no tempo que fazia nas casas, o espetáculo é grandioso e deixou o bairro, “hoje é a Paixão de Cristo de Serra Talhada”, afirma e acrescenta: “temos que zelar e fazer com carinho, manter esse trabalho, afinal o teatro transforma o ser humano, moro nesse bairro a quase 30 anos, já teve e tem muita desagradável aqui e precisamos mostrar um outro lado e esse têm isso, algo bom, novo, digno, onde as pessoas se envolvem, se entregam pelo menos nessa semana que por si já é santa se reflete e se revivi paixão e morte desse homem que marcou a história da humanidade como nenhum outro. Relata ele com emoção.    
Uma novidade bastante significativa esse ano é que o espetáculo que sempre foi apresentado na quinta-feira, passa para sexta e terá reprise no sábado, com inicio sempre às 20h nos 2 dias.  
SERVIÇO:
Via Sacra do Bom Jesus
Dias 18 e 19 de abril às 20h
Local: Rua 4 e Linha Férrea 

SONORA BRASIL 2014 EM SERRA TALHADA NO MUSEU DO CANGAÇO

Duo Cancionâncias

=>O trabalho do Duo Cancionâncias, formado pela soprano Manuelai Camargo e pelo violonista Cyro Delvizio, abarcou, até o momento, os estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. Dentre os feitos do duo estão projetos como o “Música no Museu”, “Primeira Classe”, “Café Cultural”, “Projeto Cultural” e o programa “Música e Músicos do Brasil”.

A partir de 2008, o duo foi escolhido para realização de recitais no projeto “Mini Concertos Didáticos do Museu Villa-Lobos/RJ”, participando de oficinas de música de câmara com o renomado fagotista e especialista em Villa-Lobos, Noel Devos, e apresentando-se no 46º Festival Villa-Lobos. O grupo ainda participou da série Brasiliana 2009, realizada pela Academia Brasileira de Música, na Fundação Casa de Rui Barbosa/RJ.

Entre suas apresentações destacam-se séries que reúnem diversos gêneros da canção brasileira, além de recitais em programas de rádios pelo Brasil e México. A dupla se dedica intensamente à interpretação da obra de Edino Krieger, que tem acompanhado de perto essa produção e as transcrições de obras originalmente escritas para canto e piano.


O projeto Sonora Brasil, que esteve em mais de 123 cidades no ano passado, com 454 concertos e cerca de 45 mil expectadores em todo o país em 2013, a sua 17 edição tem  a sua realização ormação de Ouvintes Musicais começa nesta terça-feira (15) o circuito 2014, que presta homenagem às raízes percussivas do país e ao compositor Edino Krieger.
Este circuito será aberta no Teatro do Sesc Arsenal em Cuiabá, com os grupos Raízes do Bolão, do Amapá, e Quinteto Brasília, do Distrito Federal. Amanhã (14), o próprio Edino Krieger dará uma palestra, aberta ao público em geral, sobre as bienais de música brasileira contemporânea, criadas por ele, no auditório do Instituto de Linguagens da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).
Passando pela região norte, passam pelas regiões Sul e Sudeste, enquanto os que apresentam obras do tema Edino Krieger e as bienais de Música Brasileira Contemporânea vão para as cidades do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país, invertendo o circuito do ano passado, e completando a circulação dos oito grupos por todas as 123 cidades.
Sérgio Barrenechea, flautista, que faz parte do Quinteto Brasília, diz que a experiência de se apresentar pelo interior do país é muito gratificante, com a oportunidade única de levar música de câmara para cidades como Camaquã (RS) e São Miguel do Oeste (SC).
Ciado em Ciado em Ciado em Ciado em Ciado em Ciado em Ciado em em 1998 e já levou cerca de 70 grupos a mais de 3.500 apresentações por todo o país, com público superior a 500 mil espectadores. Nesta edição, participam os grupos Raízes do Bolão, Samba de Cacete da Vacaria, Raízes do Samba de Tocos, Alabê Ôni, Quinteto Brasília, Quarteto Belmonte, Octeto do Polyphonia Khoros e Duo Cancionâncias.
Criado em 1998 , O Sonora Brasil foi e já levou cerca de 70 grupos a mais de 3.500 apresentações por todo o país e é um festival que traz artistas genuinamente brasileiros, com público superior a 500 mil espectadores. Nesta edição. Outros grupos que concorrem o  Bolão, Samba de Cacete da Vacaria, Raízes do Samba de Tocos, Alabê Ôni, Quinteto Brasília, Quarteto Belmonte, Octeto do Polyphonia Khoros e Duo Cancionâncias.

serviço:
MUSEU DO CANGAÇO - Vila Ferroviária S/Nº
DIA 20/04/2014 ÀS 20h


segunda-feira, 14 de abril de 2014

MARTA VAI CRIAR OS CANGACEIROS DA CULTURA

 A ministra da Cultura, Marta Suplicy, vai criar os Cangaceiros da Cultura. "Vou colocar jovens para ir às comunidades. Olhar projetos e ações e selecionar o que é bom e precisa ganhar musculatura. Adorei essa ideia!", disse a ministra, na manhã deste sábado (12), segundo dia do Curto Circuito da Juventude, que acontece até amanhã em Brasília.
A ideia surgiu do comentário de Jean Batista Campos, o Mc Jean B, que é rapper, MC, beat-box man, jogador de basquete e educador social em São Paulo. No primeiro dia do encontro ele empolgou a juventude com seu estilo vocal no beat-box.
Marta pensou em chamar o projeto de Volantes da Cultura. Lembraram a ela que volantes também eram policiais que perseguiam cangaceiros. Ela virou o jogo: "Tá bom! Então, vamos ser os cangaceiros."
Os Cangaceiros da Cultura serão servidores do Ministério da Cultura e agentes de cultura indo às periferias para identificar ações e para ajudar os jovens a descobrirem oportunidades de acesso à cultura, de formação à produção artística, participação e protagonismo. Também para apoiar que se inscrevam em editais.
Vários relatos feitos à ministra lembraram a complexidade de se inscrever em editais. Segundo os jovens, os editais são impossíveis e não se enquadram no acesso deles a recursos e oportunidades.
A ministra ponderou: "Não vamos demonizar os editais." Ela lembrou que antes da política de editais, a distribuição de recursos não era democrática. "Não chegava às pessoas."
Debate – O encontro com os jovens trouxe à ministra e aos secretários e equipes do MinC que participaram do encontro neste sábado diversas reflexões como a necessidade de aumento de recursos, descentralização de editais, identidade racial e mais valorização dos povos que têm culturas tradicionais, como os ciganos e indígenas. Educação para a diversidade também permeou os debates.
"Somos um povo poliancestral, não sou branca, negra, nem índia e ao mesmo tempo sou todas elas. Tenho identificação com todos que estão aqui e acima de tudo somos brasileiros e temos que lutar pela inclusão da juventude independentemente de cada manifestação e linguagem cultural", defendeu a atriz Ana Paula Jones, representante da Associação Raízes da Tradição que trabalha com povos tradicionais em todo o país. 
A cultura como arma para enfrentar a violência foi outro ponto da pauta da conversa, como explicou o representante do passinho do Rio de Janeiro, Jefferson de Oliveira, conhecido como Cebolinha, que contou diversas situações em que o engajamento cultural fez a diferença na comunidade. "Os morros tem uma realidade. Antes, não dava para o garoto de uma comunidade passar pela outra. A rivalidade não deixava. O Passinho tem quebrado isso, contribuindo para a cultura da paz", explicou.
Francisco Alves Júnior, representante da juventude da Federação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura Familiar, do Ceará, defendeu a integração da ações culturais com políticas de educação e também o acesso às tecnologias no campo.
Ideias – Esse debate rendeu mais algumas boas ideias que serão melhor estudadas pelas secretarias e vinculadas do MinC. Por exemplo, formação de professores da rede pública para criar cineclubes em escolas.
Também um prêmio específico para manifestações culturais da periferia, para atender as questões levantadas pelo representante do Passinho.
A fala de Francisco Alves Júnior finalizou com uma proposta: "Vamos encurtar as distâncias e fazer a cultura chegar ao campo, além dos centros das capitais. É preciso potencializar os Pontos de Cultura para fortalecer as manifestações locais", disse, lembrando do Programa Cultura Viva, realizado pelo MinC.
Mais uma ação proposta foi de o MinC atuar junto a municípios para pensar e garantir a ocupação de praças para manifestações artísticas.
Conclusões - No encerramento das atividades da manhã, a ministra Marta Suplicy avaliou: "Estamos no caminho certo. Em duas horas deu para eu ouvir e ver a seriedade do que estamos falando. Tenho de abrir um espaço dez vezes maior para a juventude. Vocês são a raiz da cultura brasileira, a identidade. A gente vê que o que precisamos fazer é abrir portas."
Marta também citou que a questão da Agricultura Familiar é ponto de relevância para se pensar projeto específico para atingir esse público. Ponderou que a questão dos ciganos, por exemplo, é mais complexa. "Vamos nas comunidades. Precisamos ouvir mais: os velhos, os jovens, dar prioridade. Cuidado especial."
Para a ministra, foi um privilégio escutar os 70 jovens que vieram de todas as regiões do pais, com suas experiências e reivindicações a respeito da produção cultural do segmento.
"Estamos gravando, faremos relatório e vocês terão respostas. Vamos devolver o resultado deste encontro. É certo que faremos mais reuniões no ministério. Gosto do que é concreto. E penso que podemos ir aos estados, ouvir mais. E creio que dá tempo de a gente elaborar mais uma discussão como esta na Teia que vamos realizar em maio, em Natal (RN).
Ainda antes de sair da atividade, a ministra falou que estão abertas as inscrições para intercâmbio Brasil-Espanha, parceria do MinC com o Museu Matadero Madrid - um antigo matadouro que se transformou numa cidade cultural.
A convocatória lançada abrange residências artísticas de quatro brasileiros, no período de 6 de outubro a 16 de novembro de 2014. Poderão participar da convocatória artistas e agentes locais, de nacionalidade brasileira, pessoa física e que residam ou atuem no Brasil. O resultado do trabalho desenvolvido será apresentado ao público de 12 de novembro a 06 de janeiro de 2015.
Os selecionados receberão 2 mil euros, dentre outros benefícios como passagem para Espanha, alojamento e verba para produção artística. Os interessados podem enviar proposta até 23 de maio através do site.
Tarde - Depois da roda de conversa com a ministra Marta Suplicy, à tarde, os jovens se reuniram em quatro grupos de trabalho.
A coordenação do encontro, sob a provocação da ministra para que refletissem sobre as palavras de Gilberto Gil: "O povo sabe o que quer. Mas o povo também quer o que não sabe", discutiu os quatro eixos de atenção: acesso à cultura, formação, fomento à produção artística, participação e protagonismo juvenil.
Programação – Na programação do dia, os jovens ainda visitarão o projeto Sarau Cultural, de São Sebastião (cidade do entorno de Brasília), à noite. Poetas, músicos, atores, artistas plásticos e produtores culturais do grupo Radicais Livres S/A resgatam a autoestima dos moradores da periferia por meio de Saraus Radicais de poesia na comunidade. O grupo é uma das referências na região e desenvolve a ação de democratização do acesso à cultura há 11 anos.
Amanhã, o Curto Circuito da Juventude, volta a acontecer no Teatro Plínio Marcos - Complexo Cultural Funarte, em Brasília. Encerramento com as respostas dos grupos de trabalho a esses eixos de discussão e sistematização de propostas.
O encontro foi organizado pelo Ministério da Cultura e pela Secretaria Geral da Presidência da República
Texto: Montserrat Bevilaqua e Lara Aliano
Fotos: Elisabete Alves 
Edição: Ascom / MinC



quinta-feira, 10 de abril de 2014

TEMPORADA DO XAXADO CABRAS DE LAMPIÃO TEM NOITE DE ABERTURA COM PUBLICO RECORDE

=>Teve Abertura no ultimo sábado a Temporada de Manutenção do Grupo de Xaxado Cabras de Lampião no Quintal do Museu do Cangaço, com acesso gratuito o evento consta de uma apresentação de Xaxado e um convidado (grupo ou artista individual) sempre primando pela cultura popular.
Esse Programa Cultural segue neste sábado às 20h com mais um encontro DA CULTURA POPULAR PULSANDO EM NOSSAS VEIAS. NO QUINTAL DO MUSEU – NO MUSEU DO CANGAÇO, A ARTE PAJEUZEIRA ESTÁ ESPERANDO POR VOCÊ, COM OS MELHORES VIOLEIROS REPENTISTAS – SEBASTIÃO DIAS, ZÉ CARLOS DO PAJEÚ E PEDRO DE ALCÂNTARA, COM O GRUPO DE XAXADO CABRAS DE LAMPIÃO.

VOCÊ É CONVIDADO PARA PARTICIPAR DESTE ENCONTRO COM O MELHOR DA CULTURA REGIONAL, NESTE SÁBADO, DIA 12 DE ABRIL, ÀS OITO DA NOITE, COM ENTRADA GRATUITA.
INCENTIVO: FUNCULTURA / FUNDARPE / GOVERNO DE PERNAMBUCO.
PRODUÇÃO DOS CABRAS DE LAMPIÃO.
=>No Ultimo Dia 05 foi o Samba de Coco Trupé de Arcoverde que botou o publico numeroso pra dançar coco e fazer bonito, na alegria contagiante do mestre Cicero e sua trupe de artistas.




Adicionar legenda

segunda-feira, 7 de abril de 2014

A PAIXÃO DE CRISTO DE SERRA TALHADA

O Espetáculo da Via Sacra do Bom Jesus – A PAIXÃO DE CRISTO DE SERRA TALHADA - , acontece há onze anos, nas ruas do bairro do Bom Jesus, sendo este o mais populoso do município de Serra Talhada, com aproximadamente vinte mil habitantes. A organização deste espetáculo é realizada através do grupo de jovens EJC (Encontro de Jovens com Cristo) o qual é vinculado a Paróquia do Bom Jesus Ressuscitado e nos últimos anos vem contando com a participação ativa do Centro Dramático Pajeú de Serra Talhada - PE. O espetáculo tem uma hora e meia de duração, são aproximadamente 100 (cem) integrantes entre equipe técnica, atores e figurantes. A encenação vai acontecer nos dias 18 e 19  - na sexta feira e sábado - de abril, com horário previsto para iniciar às 20 horas. Outra novidade é que a maioria das cenas serão concentradas entre a Travessa Sete e a Rua Capitão Arlindo Rocha, com a finalização nos trilhos da antiga Rede Ferroviária, bairro do Bom Jesus. Outras novidades também foram incluídas, como por exemplo: a compactação de cenas, a fim de que o espetáculo seja mais dinâmico. A direção geral e adaptação do texto é de Ivanildo Duarte, com assistência do Manoel Lima. A produção Executiva é de Modesto Lopes de Barros, diretor do Centro Dramático Pajeú. A Prefeitura de Serra Talhada, através da Secretaria de Cultura e Turismo entra com o apoio estrutural,  e o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Cultura e Fundarpe, patrocina através do Edital Pernambuco de Todas as Paixões, edição 2014.
Este ano, o espetáculo será dedicado ao Monsenhor Afonso de Carvalho, pelos seus 50 anos de vida sacerdotal, os quais foram vivenciados e dedicados  à comunidade do Bom Jesus.
Assim, esta amostragem teatral tem sido importante ao levar a palavra de Deus através da arte, trabalhando numa perspectiva de inclusão social de jovens, com a participação ativa dessa população em todas as fases de realização do espetáculo.



2ª SEMANA DE COMUNICAÇÃO PÚBLICA DE PERNAMBUCO.

"Nos dias 09, 10 e 11 de abril, o Núcleo de Televisão e Rádios Universitárias e o Departamento de Comunicação da UFPE promovem, no auditório do Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco, a 2ª Semana de Comunicação Pública de Pernambuco. Estudantes, professores, profissionais de comunicação e sociedade de forma ampla, todos estão convidados a participar das conversas, debates e oficinas, com foco na formação crítica, no conhecimento da história, na atualização profissional e na discussão política em torno da comunicação pública no Brasil. Garanta sua presença, inscrevendo-se diretamente no site: http://comunicacaopublicape.com.br/"

Abaixo, a programação das oficinas.
Inscrições e demais atividades pelo site citado.

10/04 (Quinta - feira)
09 às 13h - Oficinas (Salas do Departamento de comunicação, no CAC/UFPE)

  1. “Políticas públicas de comunicação” - Patrícia Horta (Professora do Departamento de Comunicação da UFPE)
  2. “Produção audiovisual independente” - Paulo Sano (Realizador Coletivo Asterisco / Editor de Imagens do LIS/DCom)
  3. “Lei da mídia democrática” - Ivan Moraes (Jornalista do Centro de Cultura Luiz Freire e do FOPECOM)
  4. “Documentário e direitos humanos” - Fernando Weller (Professor do Departamento de Comunicação da UFPE)