Vídeos

Loading...

segunda-feira, 12 de maio de 2014

ALEGRIA, ALEGRIA: UM FEITO LÚDICO SEM IGUAL


=>Quatro alunas do curso de Fisioterapia, da Faculdade de Integração do Sertão (FIS), em Serra Talhada, estão mudando o cotidiano das crianças internas na pediatria do Hospital Regional Agamenon Magalhães (Hospam). As futuras fisioterapeutas costumam visitar cada leito como “palhacinhas” onde brincam e amenizam a dor dos pequeninos.
O trabalho tem como base a pedagogia dos Doutores da Alegria, uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que, desde 1991, atua junto a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais de saúde; colaborando para a transformação do ambiente onde se inserem. Em mais de duas décadas de trajetória, já realizou 900 mil visitas com um elenco de cerca de 40 palhaços profissionais, que atuam em hospitais públicos de São Paulo e Recife.
No Rio de Janeiro e em São Paulo, Doutores da Alegria mantém um programa que leva variadas formas de arte, como circo, música e poesia, a pacientes de hospitais públicos, contemplando mais de 27 mil pessoas; e, no país inteiro, a ONG articula uma rede de iniciativas semelhantes. Desempenha, por meio de sua Escola, um papel referencial na pesquisa da linguagem do palhaço e na formação de jovens, artistas profissionais e interessados – cerca de 180 jovens artistas já se formaram em um programa com duração de três anos.
Possui a certificação de utilidade pública nas esferas federal, estadual e municipal. Recebeu o Prêmio Criança da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança, foi incluída três vezes na lista das 100 melhores práticas globais da divisão Habitat da Organização das Nações Unidas. Recebeu ainda o Prêmio Cultura e Saúde, concedido em junho de 2009 e 2010 pelo Programa Cultura Viva, iniciativa conjunta dos Ministérios da Cultura e Saúde. Recentemente, recebeu a certificação do Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS.
A essência do trabalho é a utilização da paródia do palhaço que brinca de ser médico no hospital, tendo como referência a alegria e o lado saudável das crianças, colaborando para a transformação do ambiente em que se inserem.

Nenhum comentário: