Vídeos

Loading...

quarta-feira, 18 de junho de 2014

SERTÃO SE DESTACA NO 7º EDITAL FUNCULTURA AUDIOVISUAL. SERRA TALHADA, AFOGADOS E ARCOVERDE COM PROJETOS APROVADOS

Novos filmes, de curta e de longa-metragem, produtos para televisão, festivais, mostras, cineclubes, pesquisas, cursos e oficinas irão receber o incentivo público do Governo de Pernambuco, por meio do 7º edital do Programa de Fomento à Produção Audiovisual de Pernambuco – Funcultura Independente 2013/2014. Do total de 370 propostas inscritas, 119 foram selecionadas pelo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura, que destina anualmente R$ 11,5 milhões para o setor audiovisual.
Foram selecionados 4 projetos de pesquisa, 10 de formação, 15 de difusão, 17 de curta-metragem (sendo 5 Ary Severo), 15 de produtos para TV, 25 de longa-metragem (sendo 6 para distribuição, 3 para finalização, 7 para produção e 8 para desenvolvimento de roteiro), 21 de cineclubes e 12 na categoria Revelando Pernambucos, destinada a projetos por Região de Desenvolvimento (RDs) do Estado, dos quais 6 são de curta-metragem e 6 de difusão.
O Sertão do Estado teve a maior a quantidade de projetos aprovados até hoje. O Pajeú, por exemplo, foi contemplado com seis projetos, sendo três de Serra Talhada: o “Cineclube Lampião”, em nome da FUNDAÇÃO CULTURAL CABRAS DE LAMPIÃO e dois curtas-metragens,“Papo Amarelo – O primeiro tiro” em nome de KARL MARX, e “Luanda em preto e branco” em nome de CHRISLEIDE KARINE.
Afogados da Ingazeira, teve dois cineclubes, “Cineclube Alternativo São José” em nome de William Tenório, e “Cineclube do Verso” em nome de Alexandre Morais. Ainda uma Mostra de Cinema , “Mostra Pajeú de Cinema Pernambucano” em nome de William Tenório.
Ainda houve liberação para projetos em Arcoverde, Salgueiro e Petrolina. Também destaque para produções em cidades como Manarí, Betênia, Custódia e Ibimirim. A liberação dos recursos para inicio da execução dos projetos está previsto ainda para agosto deste ano.
É importante frisar que o sertão ainda ter pode ter outros projetos aprovados, pois os produtores ainda aguardam o resultado do edital do FUNCULTURA – Independente, previsto para sair até setembro deste ano.

Nenhum comentário: