Vídeos

Loading...

quinta-feira, 16 de abril de 2015

CUSTÓDIA UMA CIDADE EM FOCO

Foto de Jornal do Sertão - PE.domínio do atual território onde se situa o município de Custódia foi feito pelo Coronel Luiz de Melo (Dodô), no século XVIII, este território, antes habitado por índios das aldeias de Serra Negra, começou a ser explorado pela localidade de Quitimbu. Em 1909, Quitimbu formava um núcleo de relativa importância chegando a ser sede de Distrito de Alagoa de Baixo, hoje Sertânia, conforme Lei Estadual nº 991, de 01 julho de 1909. Algum tempo depois, os senhores Manoel Alves de Siqueira, Serapião Domingos de Rezende, José Florêncio da Silva, José de Moura Leite, Manoel Alves de Siqueira, Joaquim Pereira de Sá, Antônio Alves de Góis Melo e o Tenente Antonio José de Moura, se instalaram em local próximo ao distrito atraindo, assim, várias pessoas para o citado local. O primeiro nome dado a este local foi de Fazenda Santa Cruz.
Neste mesmo local também se instalou uma hospedaria, cuja proprietária chamava-se Dona Custódia. Após algum tempo, chegaram a localidade os padres jesuítas Ibiapino e Agostiniano, que vinham fugindo de uma perseguição política e foram acolhidos pelos habitantes que resolveram construir uma capela e a dedicaram a São José.
Os habitantes se reuniram a fim de escolher outro nome para a localidade, que até então, chamava-se Fazenda Santa Cruz, quando decidiram pelo nome de Custódia, que significa proteção, prisão, em referência aos jesuítas e também uma homenagem a Dona Custódia.

O crescimento rápido da localidade deveu-se a sua localização, pois, era passagem de tropeiros e viajantes vindos de Serra da Baixa Verde (Triunfo), Vila Bela (Serra Talhada), Alagoa de Baixo (Sertânia) e Olho D’agua dos Bredos (Arcoverde) favorecendo o aparecimento de pessoas de outras localidades para habitar no povoado de Custódia. Foram-se erguendo latadas e depois pequenos hoteis, onde se serviam café e almoço.


FONTE JORNAL DO SERTÃO

Nenhum comentário: