Vídeos

Loading...

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

CULTURA DE SERRA TALHADA NA FESTA DE ZÉ DANTAS EM CARNAÍBA

O Movimento Cultura Viva, desenvolvido pela Secretaria de Cultura e Turismo de Serra Talhada vem mudando o cenário artístico da cidade e da região. As aulas de dança, artes plásticas, artesanato e percussão promovidos pela secretaria vêm formando uma nova geração de artistas que se aprontam para mostrarem seus talentos nos eventos do município e também nas cidades do Pajeú, como é o caso da Festa de Zé Dantas em Carnaíba onde neste sábado dia 31 de outubro, o movimento levará para Carnaíba apresentações de ritmos autênticos da cultura popular Coco, Ciranda, Xaxado, Maracatu Nação Império, Frevo, Caboclinhos, entre outros, informou o secretário de Cultura, Anildomá Willans, esse já o o terceiro que esse balaio de apresentações se apresenta da festa do poeta Zé Dantas e também já estiveram em Tabira, Afogados da Ingazeira, Iguaraci, Tuparetama.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

SEMINÁRIO SOBRE FORMAÇÃO ARTÍSTICA E CULTURAL EM DEBATE

 
Roda de Conversa em Brasília discute Formação Artística e Cultural (Foto: Sefac/MinC)
 
 
Instituições, escolas e universidades de todo o Brasil que atuam diretamente com formação artística e cultural estão ajudando a construir o primeiro seminário nacional sobre o tema. Através das Rodas de Conversa, a Secretaria de Educação e Formação Artística e Cultural (Sefac) do Ministério da Cultura (MinC) está dialogando com estes atores sobre os principais pontos a serem debatidos no evento que acontecerá em Brasília (DF) entre 1 e 3 de dezembro.
 
A secretária da Sefac, Juana Nunes, promoveu em Belo Horizonte (MG), no último dia 21, e em Brasília (DF), no último dia 23, as duas primeiras Rodas de Conversa sobre o seminário e destacou que o principal objetivo de todo este processo é consolidar uma política nacional de formação artística e cultural. Para tanto, listou algum dos desafios:
 
"É preciso reconhecer a atuação dos mestres das culturas populares e das escolas livres na formação de artistas, regulamentar o papel e a remuneração dos agentes culturais e contribuir para a estruturação das carreiras artísticas, concedendo bolsas como política de incentivo aos artistas iniciantes brasileiros, viabilizando as condições para que se dediquem com exclusividade a aperfeiçoar suas linguagens", explicou.
 
As rodas de conversa têm como pauta a infraestrutura das instituições, o custeio de professores e demais agentes culturais, o reconhecimento dos cursos livres de artes em diálogo com a rede formal, o material didático e as metodologias para formação de técnicos, produtores e gestores na área cultural. As próximas rodas serão realizadas em Salvador e São Paulo (9/11), Olinda, PE (17/11) e Rio de Janeiro (27/11).
 
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura 

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

17º FESTIVAL DE CURTAS DE PERNAMBUCO – FESTCINE ABRE INSCRIÇÕES

Celebrando a força do cinema pernambucano e a digitalização do Cine São Luiz, o Governo de Pernambuco, através da Secult-PE e Fundarpe, em parceria com a Secretaria de Cultura e a Fundação de Cultura da Cidade do Recife, convida realizadores audiovisuais de todo o estado a exibirem suas produções no 17º Festival de Curtas de Pernambuco, o FESTCINE.
Inscrições  de 22 de outubro a 5 de novembro, por protocolo, Correios e também de maneira virtual, por email. Serão R$ 57,5 mil em prêmios. Os cinco primeiros colocados na mostra competitiva geral receberão R$ 4,5 mil cada; já os cinco segundos colocados serão premiados com R$ 3,5 mil cada; e os cinco terceiros colocados ganham, cada um, R$ 2,5 mil. Na mostra de formação, serão escolhidos dois curtas vencedores, uma ficção e um documentário, cada um receberá R$ 2,5 mil. Pelo segundo ano consecutivo, o FESTCINE também vai distribuir o Troféu Fernando Spencer aos melhores nas modalidades: Direção, Fotografia, Montagem, Roteiro, Produção, Direção de Arte, Trilha Sonora, Som, Ator e Atriz.
Saiba mais AQUI
Fonte: CulturaPE

III FÓRUM DE EDUCAÇÃO INTEGRAL DE PERNAMBUCO: CULTURA E EDUCAÇÃO‏



Em Pernambuco, o número de escolas públicas do ensino fundamental que optaram por desenvolver as ações de Educação Integral fomentadas pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério da Cultura (MINC), via (respectivamente) os Programas Mais Educação e Mais Cultura nas Escolas, sinalizou para a importância de fomentar a qualificação da caminhada e fortalecer a gestão e o regime de cooperação entre as Secretarias de Educação, bem como o diálogo das escolas com iniciativas culturais.

Esse cenário motivou o Comitê Territorial de Educação Integral de Pernambuco, em parceria com a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), universidades federais locais, o MEC e o MINC, a organizar o III Fórum de Educação Integral com o tema a Educação e a Cultura, discutindo os desafios da política e do currículo.

Entendemos que esse encontro será importante porque oportunizará aos participantes a compreensão e a reflexão crítica sobre as perspectivas e os desafios da educação integral e porque possibilitará ao governo federal subsídios para consolidar a construção da política pública de educação integral no país.

A III Edição do Fórum de Educação Integral de Pernambuco será realizada nos dias 17 e 18 de novembro de 2015, no Centro de Convenções, em Olinda-PE. 

Seja bem vindo ao nosso encontro de 2015 e venha participar!

INSCRIÇÕES ABERTAS!

As inscrições do III Fórum de Educação Integral Pernambuco estão abertas e devem ser feitas aqui no site da Fundaj entre os dias 18 de setembro e 31 de outubro 2015.

:: As pessoas ligadas à área da EDUCAÇÃO devem se inscrever clicando em um dos links abaixo:


As pessoas ligadas à área da CULTURA devem se inscrever clicando no link abaixo: 

ATENÇÃO:
Em caso de dúvida, entrar em contato por:
Telefone: (81) 3073-6410/11/12
Coordenação
Programa Cultura Viva   
FUNDARPE 
Rua da Aurora, 463/469, Boa Vista, Recife - PE

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

RÁDIO PAJEÚ COMEMORA 56 ANOS ESTA NOITE NO CINE SÃO JOSÉ


Em virtude da reunião Asserpe, a Rádio Pajeú (primeira emissora do Sertão Pernambucano) alterou a tradicional data de comemoração do seu aniversário (4/10) para a noite do dia 21/10, às 20h, no Cine São José com uma programação super cultural.
Haverá o lançamento do livro “Rastro para uma velhice digna”, de Zé Gomes, primeiro Diretor Comercial de uma emissora de rádio no Sertão do Estado e show cultural com o Coral Anitta Vilarim, da Secretaria de Cultura e Turismo de Serra Talhada sobre a regência do Maestro Cicero Fylho, o Coral é produto/resultado das Oficinas Artísticas do Movimento Cultura Viva, que tem apoio total da prefeitura Municipal no tocante a formação cultural dos munícipes.
O local está sendo preparado com suporte da WN Empreendimentos. Destaque para o painel de LED montado no Cinema que exibirá imagens da emissora. O evento será aberto ao público, com tribuna de honra disponível para os representantes das emissoras afiliadas presentes.
Na quinta (22), Afogados da Ingazeira será a última parada da Asserpe em 2015 e sediará a 104ª Reunião Setorial da associação, na quinta-feira (22/10), às 9h, no Cine São José.
Na pauta do encontro, assuntos relevantes aos radiodifusores de Pernambuco, como as novidades sobre os processos referentes à radiodifusão no congresso federal e algumas novidades importantes do setor. Os radiodifusores ainda visitarão antes o Museu do Rádio, primeiro do Estado, no Bairro São Francisco.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

OBRAS DE RONALDO AURELIANO SÃO RESTAURADAS EM SUA FORMA ORIGINAL


SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO EM AÇÃO - Com foco no resgate da história de Serra Talhada, a Secretaria de Cultura e Turismo, iniciou em agosto, o processo de restauração e recuperação das esculturas de ferro da Estação do Forró, de Ronaldo Aureliano, escritor, poeta e artista, apaixonado pela sua terra.
De acordo com o Secretário de Turismo, Anildomá Willans, “todas as obras estão sendo recuperadas em sua forma original, com o auxílio de fotografias, cedidas pela família do artista e terão o destaque que merecem, quando realocadas nos seus lugares”.
“A ideia é que essas peças exprimam, ao que as virem, a mensagem que Ronaldo construiu e quis mostrar aos serra-talhadenses”. Ainda, segundo Domá, até o mês de novembro, essas peças serão entregues à população. “É um pedaço da nossa história, não podemos deixar que se perca no tempo. Vamos fazer um grande evento, em homenagem a Ronaldo Aureliano, e inseri-las no roteiro Turístico e Cultural de Serra Talhada”.
O Parque das Esculturas de Ferro foi idealizado pelo falecido escultor e poeta Ronaldo Aureliano, que era funcionário da Rede Ferroviária Federal (RFFSA) e no início dos anos 80 trabalhou em Serra Talhada.
As obras de Aureliano resultam do aproveitamento de pedaços de trilhos e outro objetos que não eram aproveitados na ferrovia. Algumas peças chegam a ter mais de 2 metros de altura.

PROGRAMAÇÃO DA FESTA DO POETA E COMPOSITOR ZÉ DANTAS – XXII EDIÇÃO

A Secretária de Cultura e Lazer Margarida Pereira, da cidade de Carnaíba anuncia data e programação da 22ª Edição da Festa do Compositor Zé Dantas que acontecerá de 26 a 31 de Outubro de 2015. A Capital do Xaxado se fará presente mais uma vez com a Caravana Cultura Viva, levando o que há de melhor na cultura popular para essa festa que já é tradição.

PROGRAMAÇÃO DA FESTA DO POETA E COMPOSITOR ZÉ DANTAS – XXII EDIÇÃO 

26/10> SEGUNDA FEIRA
27/10> TERÇA FEIRA
28/10> QUARTA FEIRA
Durante o dia realização de oficina de Violão com GuegaLuttier;
A partir das 19 horas, no monumento da Praça de Eventos:
         Abertura da XXII Festa do Poeta e Compositor Zé Dantas;
          Apresentações culturais das cidades: Flores, Solidão e Afogados da Ingazeira;
        Oficina de violão
A partir das 09 horas, no Teatro José Fernandes de Andrade, exposição: Carnaíba – 165 anos de história, cultura e tradição com encerramento no dia 29.
           A partir das 19 horas: encontro de bandas e fanfarras e filarmônicas no Pátio de Evento;
           Presença de declamadores Grupo Infância rimada de Tabira.
A partir das 19 horas, no Pátio de eventos:
           Apresentações:
           Grupo de flautas doces;
           Sanfônica Zé Dantas;
           Escolas da Itã e Serra Branca;
           Johnanthan Malaquias
           Pelas ruas da cidade: Forronata com a participação de todos os sanfoneiros, músicos diversos, bloco das fantasias, estudantes, povo em geral;
           No busto de Zé Dantas:
           Homenagem ao sanfoneiro Genailson
            Bolo doce Nego Alexandre na praça.
29/10 – QUINTA FEIRA
30/10-> SEXTA FEIRA
31/10->SÁBADO
         10 horas, entrega de titulo de cidadão carnaibano ao professor e músico José Carlos e entrega de certificado de honra ao mérito ao Sanfoneiro Genailson.;
A partir das 17 horas, exposição de pinturas TEMA: Memória afetiva com o artista plástico Edierck José;
A partir das 19 horas, no Pátio de eventos:
           Noite dos artistas de Carnaíba;
          Apresentações:
           Orquestra Pifônica;
           Pifeiros do Caroá;
           Pifeiros do Santo Antônio;
           Pifeiros de Ibitiranga;
           Coco das abelhas do Caroá
           Escolas locais;
           Cortejo pelas ruas da cidade;
           Reisado dos sítios Santo Antônio;
           Chorões do Pajeú;
A partir das 19 horas, no Pátio de eventos:
           Missa pelo poeta celebrada pelos padres Claúdio e Luizinho;
           Após a missa Apresentações:
           Pimenta Embolador visitando os quiosques;
           21 às 21:30 horas: Final do Festival Estudantil;
           21:30 às 22:30 Neno do Acordeom          22:50 às 01:30; Encontro dos quatro: Petrucuio Amorim, Cristina Amaral, Nadia Maia e Cesar Amaral cantando seus repertórios e os de Zedantas
           02 às 03:00 Sandryno Ferraz
           07h30min – passeio ciclístico organizado pelos grupos Mandacaru e Turma do Batom PEDALANDO COM Zé DANTAS, pelas ruas da cidade;
           15:30h00min – na Escola de Música Maestro Israel Gomes: Encontro entre alunos e sanfoneiros com Waldonys – homenagem e relato de experiências;
           De 17:00 às 18:00 horas Pedro Júnior;.
         A partir das 18 horas às 19 horas: Caravana Cultura viva de Serra Talhada;
           De 19:30 às 20:30:Pablo Moreno e João Neto
           De 09 às 22:00 Lio de Souza e Grupo Coração de Poeta;
           De 22:30 às 23:30 João Eudes
           00:00 às 01:00 hora Genailson;
           01:30 às 03:00Waldonys

24/10: às 19:00 horas no Pátio de Eventos ->Primeira eliminatória do Festival Estudantil de Música Zedantas com participação da Escolas do município de Carnaíba.

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO EM AÇÃO

Dia 23/10 MINHA CIDADE TEM HISTÓRIA – Dando continuidade ao Projeto MINHA CIDADE TEM HISTÓRIA, a Secretaria de Cultura e Turismo, em parceria com a Secretaria de Educação, agora é a vez da ESCOLA JOSÉ RUFINO ALVES, do Bairro Caxixola, fazer o passeio turístico com seus alunos, mergulhar na história da Cidade do Coração da Gente. O roteiro começa na Praça Agamenon Magalhães – Marco Zero da cidade – onde encontra-se a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, construída por mãos escravas – e todo conjunto arquitetônico do seu entorno, a Casa do Artesão, em seguida a Praça Sergio Magalhães, a Casa da Cultura, com o Museu da Cidade, guardião da história de Serra Talhada, desde sua origem, encerrando com a visita monitorada ao Museu do Cangaço, nos encontra-se o maior acervo lampiônico do Brasil. Durante todo o percurso os alunos e professores escutam narrativas esclarecendo diversos aspectos da história, despertando nos presentes o sentimento de pertencimento.

CULTURA É ALTERNATIVA PARA DIVERSIFICAR ECONOMIA


 
 
O ministro da Cultura, Juca Ferreira, realizou na tarde da quinta-feira, dia 15, o segundo de uma série de seis encontros com especialistas em Economia da Cultura. Intitulada de "Diálogos: Economia e Cultura", essa série de encontros trouxe, desta vez, o professor doutor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Leandro Valiati, para aprofundar as reflexões e possibilidades de ação do ministério nesta temática.
 
O ministro Juca Ferreira enfatizou que uma das mais importantes diretrizes de sua gestão é explorar a dimensão econômica da Cultura, dimensionando com mais precisão seu peso na economia brasileira, mapeando todos os seus ramos, identificando gargalos e potencialidades em cada um deles para, assim, promover políticas públicas que a impulsionem nacional e internacionalmente. E momento econômico do país reforça essa necessidade.
 
"A economia baseada em commodities está esgotada. Não há saída em uma economia desse tipo em um país desse tamanho. A gente precisa diversificar a economia e a cultura é uma economia importante. Se a gente não verbalizar com propostas, alguém vai ocupar esse espaço", disse. 
 
O professor Valiati destacou que dentro da academia os economistas em geral, tanto os ortodoxos quanto os heterodoxos, não estão preparados para compreender a dimensão econômica da Cultura, o que faz necessário a produção de novas métricas e indicadores que traduzam de maneira mais qualificada essa dimensão e, ao mesmo tempo, requalifiquem a própria visão de desenvolvimento. 
 
"Por isso um dos grandes desafios emergenciais para o reconhecimento e crescimento da economia da Cultura é a produção de estatísticas, informações e tecnologias que permitam aos gestores culturais enxergar, demonstrar e acompanhar a evolução do impacto da Cultura na economia, incluindo o resultado dos recursos públicos e privados que já são aplicados", explicou. 
 
Em parceria com o MinC, o professor Valiati tem coordenado trabalhos da UFRGS que visam a produção de tecnologias de alta qualidade que auxiliem o desenvolvimento das políticas culturais. Dividida em seis macro-eixos, a cooperação entre MinC e UFRGS envolve pesquisa de campo sobre o programa de incubadoras Brasil Criativo; análise dos 27 Arranjos Produtivos Locais Intensivos em Cultura (APLs); construção de uma plataforma digital para os Observatórios de Economia Criativa; estudo sobre as possibilidades de microcrédito que podem financiar mercados culturais; pesquisa sobre internacionalização de indústrias culturais e criativas; e produção de massa critica em Cultura e Desenvolvimento a partir da realização de eventos e estudos.
 
 
Vinicius Mansur
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

MORRE NA CAPITAL DO XAXADO O SENHOR LUIZ ANDRELINO NOGUEIRA

LUIZ ANDRELINO NOGUEIRA - Serra Talhada perde mais uma personalidade importante da sua história. Hoje, 16 de outubro de 2015, ás 07h00 da manhã, faleceu o Sr. Luiz Andrelino Nogueira, aos 96 anos de idade. Casado com Dona Guiomar Nunes Nogueira deixa os filhos: Márcio, Maria Solange, Maurício Fernando, Murilo Fernando, Márcia Cylene, Magna Suely e Marly Sandra.
O Sr. Luiz Andrelino durante muitos anos foi o dono do Segundo Cartório Eleitoral, o qual ficava localizado na Praça Dr. Sérgio Magalhães, bem no centro de Serra Talhada. Pessoa querida de todos, era tido como uma das cabeças pensante da nossa cidade. Sempre procurou servir com atenção aos inúmeros amigos e pessoas que o procurava, exemplo, hoje seguido pelos seus filhos. Oriundo de família de agricultores: Sr. Manoel Andrelino Nogueira e Sra. Maria Nogueira Neta da fazenda Serra Vermelho dos Nogueira.
Seu Luiz Andrelino era um verdadeiro arquivo na memória do cangaço. Quando criança conheceu Lampião, conviveu com familiares e muitos personagens diretamente ligados ao cangaço – inclusive de sua própria família, que eram inimigos do Rei do Cangaço. Jornalistas e historiadores que vinham a Serra Talhada tinham passagem obrigatória por sua residência, onde eram bem recebidos pelo próprio, sem nunca negar entrevistas. Seu Luiz Andrelino participou do documentário XAXADO – A DANÇA DE CABRA MACHO, da Fundação Cultural Cabras de Lampião, e foi um dos principais informantes para o livro LAMPIÃO. NEM HERÓI NEM BANDIDO. A HISTÓRIA, de Anildomá Willans de Souza.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

SERRA TALHADA TERÁ DOIS FILMES NO 2º FESTIVAL DE CINEMA DE CARUARU


A Capital do Xaxado dissemina cultura e arte por onde passa, prova disso é a investida no cinema e com filmes de qualidade artística digna DE aplausos e prêmios, entre 946 filmes inscritos, Serra Talhada teve dois curtas selecionados para compor a grade do evento que acontece entre os dias 1 e 6 de novembro no Teatro João Lira Filho e Teatro Difusora com mostras divididas por linguagem temáticas.
O Festival é um espaço de difusão dos elementos culturais locais e está em sintonia com o desenvolvimento econômico e acadêmico em Caruaru nas ultimas décadas devido a chegada de novos cursos superiores e a instalação da UPE, UFPE. O Festival inclui a ação educativa através do incentivo à produção de filmes dentro das escolas da região Agreste de Pernambuco; cria para alunos m espaço de descoberta de outras práticas de expressão, desenvolvendo a pesquisa de temas atuais; divulga as produções locais, valoriza a criação artística e educativa, desperta a profissionalização e o empreendedorismo. Prioriza o uso da mão de obra local e com a geração de emprego nas empresas produtoras regionais, bem como estimula a produção independente.
Na MOSTRA PEGA LEVE está o curta de 10 minutos A DONA DO PECADO DOS OUTROS produzido pela UniNobre CineVídeo e direção de Carlos Silva, com exibição dia 04 no Teatro Difusora; na MOSTRA CULTURA NORDESTINA foi selecionado o Filme PAPO AMARELO – O PRIMEIRO TIRO uma produção da Fundação Cultural Cabras de Lampião, com roteiro e direção de Anildoma Willans; que será exibido dia 05 também no Teatro Difusora. 

DIA 23 DE OUTUBRO ACONTECE MAIS UMA EDIÇÃO DO PROJETO SEXTA DA VIOLA NO QUINTAL DO MUSEU

NO QUINTAL DO MUSEU – Desde o inicio do ano que o Quintal do Museu, do Museu do Cangaço, recebe, na última sexta feira do mês, o Projeto SEXTA DA VIOLA, promovido em parceria com o poeta Damião Enésio, Fundação Cabras de Lampião e Secretaria de Cultura. A ideia é promover a cultura regional, com destaque para os violeiros repentistas, que é a expressão artística mais marcante da região, sendo até conhecida internacionalmente. Portanto, dando continuidade a programação, na próxima sexta feira, dia 23 de outubro, às 20 horas, receberemos os poetas JONAS BEZERRA E JOAIS RODRIGUES, com ENTRADA GRATUITA.
Contamos com sua presença, valorizando o que há de melhor e mais autêntico e original da cultura pajeuzeira.


* SERVIÇO: 

Sexta da Viola
dia 23/10/2015 às 20h
Quintal do Museu do Cangaço (estação)
Entrada Franca

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

COMPANHIA DANÇART FAZ A DIFERENÇA COM ARTE NO BAIRRO MUTIRÃO

       

    A Cia Dançart foi idealizada no dia 19 de novembro de 2011 no Bairro Mutirão, por jovens e adolescentes, tendo como prioridade a cultura regional, proporcionando a inclusão de crianças, adolescentes e jovens no contexto sócio-cultural da comunidade onde residem, trabalhando as manifestações artísticas com o propósito de gerar cidadania e assim, transformar os integrantes em adultos cientes de seu compromisso com a manutenção da história.
          Nesse processo destacam o momento como ganho para a comunidade que tem no seu contexto, uma vulnerabilidade social acentuada tendo a CIA DANÇART a missão de através da dança e da pesquisa desenvolver uma visão mais acentuada, criativa e modeladora para que a sociedade serra-talhadense perceba o bairro como seleiro de artistas de notáveis saber, além de afastar quem pertence ao grupo de situações de risco presentes em toda parte.
          “Enfrentamos algumas dificuldades, começar do zero não é fácil. Tivemos que encontrar um espaço para ensaios, elenco, e apoio moral e financeiro”. Relata um dos dirigentes. Fomos até a presidente da associação de moradores também diretora do núcleo Maria Oneide (Regina Gualberto), O espaço atende as necessidades de toda a comunidade”. Continua ele; ela de pronto os atendeu.

           Reuniram então, alguns adolescentes e jovens interessados em conhecer e produzir espetáculos com danças populares e assim nasceu a Companhia Dançart que vem ganhando espaço no município e fora dele. “Novos integrantes sugiram, complementando um elenco de MARACATU de 19 dançarinos, modalidade escolhida pela companhia para ser o carro chefe”. Relata Thiago um dos coordenadores da Cia; os próximos espetáculos têm como propósito as seguintes modalidades: FREVO, COCO, CIRANDA, CABOCLINHO e REISADO.
     A Cia tem como lema um trecho de um poema de Martin Luther King que diz: “Dê o primeiro passo na fé, não precisa ver a escada inteira. Apenas dê o primeiro passo”.
           Tendo em vista o grande potencial artístico da comunidade “Bairro MUTIRÃO”, esses jovens desbravadores resolveram desenvolver um projeto de danças populares que identifica culturalmente o bairro. Nesse processo destacam o momento como ganho para a comunidade que tem no seu contexto uma vulnerabilidade social e a dança enquanto manifestação artística desperta o lado lúdico do integrante que passa a se interessar por sua história e movimentos, musicas e ritmos.
           “Iniciamos um trabalho com oficinas de Percussão, Dança e Teatro, assim sendo, foi criado a ECD (Escola Cultural Dançart) que conta atualmente com 23 pessoas entre 8 e 27 anos. Um trabalho que ampliará a cultura no bairro do mutirão, utilizando o tempo livre dessas pessoas, já a sua maioria estuda o que é regra para se manter no grupo e outras trabalham”. Comenta Thiago.
          A Cia DANÇART: MUTIRÃO COM ARTE tem como objetivo incentivar e promover a cultura artística, buscando a valorização e a formação do indivíduo como cidadão consciente de sua responsabilidade social e cultural. Promove atividades culturais, junto à comunidade, estimulando o potencial artístico, garantindo a preservação dos saberes e fazeres da história, com o intuito de desenvolver um trabalho que identifique a comunidade como centro cultural. Seu público-alvo são crianças, adolescentes e jovens. Mantêm um intercâmbio com outras instituições que atuam no âmbito da cultura, arte e turismo da região.

Os Encontros acontecem aos sábados e domingos no Núcleo Maria Oneide (PETI) a partir das 14 horas para quem se interessou em conhecer o trabalho da Cia.  Contato com a Cia pelo celular: 87.99811-3116 (Thiago).

terça-feira, 13 de outubro de 2015

SARAU LITERÁRIO NA BIBLIOTECA MUNICIPAL

SARAU NA BIBLIOTECA - Visando estimular o interesse pela leitura, a Prefeitura Municipal de Serra Talhada, através  da  Secretaria de Cultura e Turismo e a Biblioteca Pública Cecílio Tiburtino, está promovendo o Projeto SARAU NA BIBLIOTECA, estreando no dia 20 de outubro, terça feira,  às 9:30 minutos, com contação  de história com o escritor infanto-juvenil JOSÉ AMAURILIO DE SOUSA, para alunos de 1º ano de Ensino Fundamental I.
Na  ocasião haverá distribuição gratuita dos livros, autografado, para as crianças. “É preciso mostrar o livro como algo leve e saudável, atrativo e simpático, para que as crianças tenham prazer pela leitura”, explica o Secretário de Cultura, Anildomá Willans de Souza.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

1.ª FEIRA CULTURAL DA JUVENTUDE NA ESCOLA METHÓDIO GODOY

Está acontecendo a 1.ª Feira Cultural da Juventude, Um Evento Realizado com O Incentivo da Secretaria de Cultura de Serra Talhada, do Vereador Manoel Enfermeiro e Direção da Escola  Methódio de Godoy Lima.
O evento é destinado a jovens estudantes na faixa de 10 a 18 Anos,  que tenham vontade de aprender Teatro, Artesanato e Poesia. Nas Oficinas que acontece durante a semana os alunos terão a oportunidade de aprender técnicas práticas e teoria dentro de cada área; culminando com a realização de uma feira de cultura, aonde os mesmos mostrarão as atividades por eles produzidas.
Nessa edição o local das Aulas está sendo a Escola Methódio de Godoy Lima, Os Responsáveis  Pelo Projeto são: Frank Ferraz, Eriane Freitas, Anny Lima e Gilberto Gomes, fazendo um Trabalho Voluntario, em prol de multiplicar os artistas existentes, apesar dos mesmos não contarem com remuneração de nenhuma entidade, parte do material está sendo conseguido através do apoio de amigos e parceiros que acreditam na cultura como meio de formação e entretenimento, para que nossos jovens, se formem e se informe sobre os valores culturais e cidadão.  
Hoje Contamos com Uma turma de 30 Jovens, que estão dedicando-se cada vez mais a esse Fantástico Mundo da Cultura.
 As Aulas Seguem Até o dia 30 de Outubro, ocorrendo de segunda a sexta, sempre no horário das 14 às 16h. 

 Contato: whatssap: 99608-1564 (Frank Ferraz)

terça-feira, 6 de outubro de 2015

CULTURA: 7ª AMOSTRA DE MÚSICA LEÃO DO NORTE - SESC TRIUNFO


Triunfo recebe a VII Mostra de Música Leão do Norte
Evento acontece de hoje (5) até 10 de outubro com apresentações culturais, oficinas, seminários e encontros de grupos de coco

Para dar continuidade à tradição de valorizar e difundir os músicos compositores do interior do Estado, o Sesc Pernambuco realiza a sétima edição da Mostra de Música Leão do Norte na cidade de Triunfo, também conhecida como o Oásis do Sertão. O evento começa hoje (5) e segue com programação cultural até o dia 10 de outubro. Além das apresentações dos músicos, a Mostra também movimenta seminários, oficinas, encontros de grupos culturais e aulas-espetáculo.
O evento começa às 10h, com a primeira etapa da oficina de Modalismo mediada por Maria Aida Facão Santos Barroso e Luiz Kleber Lyra de Queiroz, ambos professores de música da UFPE, na sede da Orquestra Isaías Lima. Às 17h, A Mostra segue com uma aula-espetáculo com o Grupo Bongar, no Jardim das Esculturas do Sesc de Triunfo. Às 20h, no Theatro Guarany , tem a grande abertura dos concertos com grupo A Matinada, formado pelos mestres do coco pernambucano Galo Preto, Zé de Teté, Bio Caboclo, Cícero Gomes e Adiel Luna. Em seguida, às 21h, as apresentações continuam na Cachaçaria com o Grupo Cristaleira, formado na própria cidade, e o grupo Coco de Caruá, da cidade de Carnaíba.
As oficinas são realizadas todos os dias, sempre a partir das 9h. Na terça, dia 6, tem início a oficina Coco de Roda – da Pisada ao Verso, orientada pelo artista Adiel Luna, no Theatro Guarany. Os participantes farão uma imersão na geografia do coco – uma das manifestações mais tradicionais do Estado de Pernambuco - e nas suas semelhanças e diferenças com outros tipos de coco. Em seguida, o público terá a oportunidade de aprender a construir instrumentos artesanais através da oficina O Som do Barravento, com o mestre Maureliano Barravento, realizada na Fábrica de Criação Popular, do Sesc em Triunfo. A oficina de Modalismo continua na programação também todos os dias, sempre a partir das 10 horas. Todas as oficinas terminam na sexta-feira, dia 9.
               
Durante os dias da Mostra, sempre a partir das 15h, o Seminário “Processos Composicionais na Música Brasileira” versará discussões sobre a temática “A Música de tradição e suas reinvenções e Articulações na Produção Atual", mediado pelo professor de música José Amaro dos Santos Silva e também com participação de mestres de coco do Estado. Em seguida, os grupos criadores e compositores apresentam seus portfólios. As duas ações serão no Centro de Convenções do Sesc Triunfo.

Já os concertos serão sempre realizados no Theatro Guarany, a partir das 20h. Na terça-feira, se apresentam os grupos Granduo Brasil, de Caruaru, e Som Trio, de Garanhuns. Os shows continuam na quarta-feira com o artista Felipe Barnabé, de Goiana, e OparáBrass, grupo oriundo de Petrolina. No dia seguinte, o duo entre Caruaru e Garanhuns se repete, respectivamente com o Quarteto Variante e o grupo Sertão Quinto. Na sexta-feira, penúltimo dia de concertos, o Marhesur Trio, de Jaboatão dos Guararapes, se apresenta e, logo depois, sobe ao palco a dupla Alexandre Rodrigues e Gutenberg Alves, de Belo Jardim. No último dia, grupo NCC (Núcleo Contemporâneo de Choro), do Recife, será a única atração da noite, encerrando os concertos no Theatro Guarany.
              
Por fim, os encontros de coco também seguem durante toda a programação como mote de apreciação a uma parte da curadoria do projeto Sonora Brasil, que tem o ritmo do coco como temática no biênio 2017/2018. Entre os convidados para esta fase de apreciação de grupos estão o Coco de Zambê (RN), O Samba de Coco de Pareia (SE), o Coco Trupé de Arcoverde (PE), Aurinha do Coco (PE), D. Glorinha do Coco (PE), Coco da Xambá - Grupo Bongar (PE), e o grupos de Coco de Carnaíba. Todos se apresentam na Casa do Careta, sempre às 21h. A programação se encerra com uma visita às Cantadeiras de Florentina, que fica no Sítio Chapada, Zona Rural de Triunfo.