Vídeos

Loading...

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

CANAL DA CIDADANIA NA CAPITAL DO XAXADO: POPULAÇÃO TERÁ ACESSO A CONTEÚDOS VOLTADOS PARA EDUCAÇÃO, CULTURA E CIDADANIA

visita a torre
A Prefeitura de Serra Talhada já se prepara para a implantação do Canal da Cidadania, conquista assegurada junto ao Ministério da Cultura, e que rendeu para Serra Talhada o primeiro Canal de Televisão do município.
O Canal da Cidadania faz parte do conjunto de canais públicos explorados por entes da Administração Pública direta e indireta em âmbito federal, estadual e municipal, e por entidades das comunidades locais, dentro do Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD-T).
O prefeito do município, Luciano Duque, atribuiu conquista do Canal Cidadania na TV Digital, aos membros de sua equipe de governo.
“O primeiro canal da cidadania de televisão digital do país mostra a capacidade do trabalho e da competência de nossa equipe”, ressaltou Luciano ainda destacando:
“Você imagina o que é ter um canal de televisão em Serra Talhada; para nós podermos falar das coisas boas de nossa terra, do nosso dia a dia, de variedades, da política e da economia… vamos ter sinal de qualidade para o povo” disse.
A administração municipal vai usar o canal 24 para transmitir seu conteúdo em tecnologia digital, que utilizará o recurso da multiprogramação, além de compartilhar a produção de uma TV pública, do governo federal. Com a novidade, a população terá acesso a quatro faixas com conteúdos da administração estadual, municipal e de entidades associativas e comunitárias.
No início dessa semana, servidores da Secretaria Municipal de Cultura, responsável pelo pleito, junto com o vereador Manoel Enfermeiro, acompanharam os técnicos que vieram realizar o estudo para a implantação da antena que vai transmitir o sinal do Canal da Cidadania, dando mais um passo para em breve Serra Talhada ter uma programação diversificada produzida no primeiro canal de televisão do município.
FONTE: SERRATALHADA.PE

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

CINEMA NO CEU DAS ARTES DA CAXIXOLA

CINEMA NO CEU DAS ARTES DA CAXIXOLA - O cinema é uma ferramenta potente para o divertimento e aproximação das pessoas diante do mostrado na tela, porque ele pode dar visibilidade para grupos e sujeitos que não seriam retratados em outros lugares.  o projeto TEM CINEMA NO CEU – CAXIXOLA 2016 vem mostrar filmes pernambucanos produzidos do litoral ao sertão, fazendo quem assiste se entreter e pensar nas diversas formas de olhar para o outro, respeitando as suas singularidades.
A Prefeitura de Serra Talhada, através da Secretaria de Cultura e Turismo, preparou uma seleção com as melhores produções da atualidade, sendo todos de curta duração nos gêneros Ficção, Documental e Animação, que com certeza agradará todos os públicos e gostos. Venha curtir cinema de qualidade no CEU das ARTES. Sessão todos os sábados às 16h, com entradas gratuitas.
Segue abaixo a programação pra janeiro, fevereiro e março:
23 DE JANEIRO, ÀS 16 HORAS.
Resgate Cultural
Biodivercidade
Voltage – animação
Varal e Voz
Wilma – animação
Zenaide
Papo Amarelo – O Primeiro Tiro
30 DE JANEIRO, ÀS 16 HORAS.
Gilbertianas brasileiras
Olha o frevo
Filme de percussão mercado adentro
Olinda
Capibaribe
Recife de dentro pra fora
Um Homem sem Sorte
06 DE FEVEREIRO, ÀS 16 HORAS.
Cassino Americano
Soneto do desmantelo blue
A dona do pecado dos outros
13 DE FEVEREIRO, ÀS 16 HORAS.
Clandestina felicidade
Contratempo
Calma Monga calma
Tiro no pé
 20  DE FEVEREIRO, ÀS 16 HORAS.
Recife frio
Expresso
Pausas silenciosas
O segredo de Jacobina
 27 DE FEVEREIRO, ÀS 16 HORAS.
Zip – animação
Quarteto simbólico
Praça Walt Disney
O que lembro tenho
04 DE MARÇO, ÀS 16 HORAS.
Metrópole
Brasília Hinhway
[projetotorresgemeas]
Bicho de 7 letras
12 DE MARÇO, ÀS 16 HORAS.
Uma cruz, uma história e uma estrada
O saco do velho
 REALIZAÇÃO:
SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO
PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRA TALHADA

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

BANDAVOOU NAS PARADAS DE SUCESSO


O grupo Bandavoou que lançou o ano passado o disco “Nó”, aparece na lista do site RockinPress. Esse site, há mais de 7 anos divulga e apresenta álbuns de novos sucessos da música brasileira como também os clássicos nacionais.

Em entrevista à ÂNCORA, o cantor Carlos Filho falou sobre os sonhos e perspectivas para o estilo musical que eles tocam - “As expectativas são ótimas! O lançamento do disco foi excelente. Casa cheia, toda a imprensa compareceu. Algumas quebras de barreiras com os meios de comunicação em Recife, uma ou outra que nunca saia matéria nossa, dessa vez foi, postou, fez crítica. Meio que foi uma afirmação, uma unanimidade na imprensa local em Recife. Em relação ao ano de 2015, foi bem além do que a gente esperava, pois além dos shows que produzimos, vencemos vários festivais, como no ano passado (2014). É importante destacar o Festival de Música do Gama em Brasília, o qual vencemos em 1º lugar. Em setembro vencemos o Samsung E-Festival , que é um evento nacional produzido pela Samsung - com mais de quinhentas bandas, e vencemos em 1º lugar. No disco temos a participação de Elomar Figueira de Mello que é um dos maiores nomes de composição em música popular no Brasil”, disse o vocalista. 

No site RockinPress, o novo álbum “Nó” aparece na 58ª posição no estilo de Música Popular Brasileira (MPB). O vocalista PC Silva disse no seu perfil do Facebook – “Felicidade pelo reconhecimento e por saber que o nosso empenho tem dado bons resultados!”. Ontem (05), a banda lançou o novo clipe oficial da música “Vê se me escreve”.
FONTE: ancoradosertao

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

FUNCULTURA: QUASE R$ 40 MILHÕES VÃO INCENTIVAR AINDA MAIS A PRODUÇÃO CULTURAL INDEPENDENTE

Apesar da conjuntura adversa, o ano de 2016 vai começar com a certeza de ainda mais incentivo à arte e à cultura no estado. Nesta quarta-feira, 30/12, o Governo de Pernambuco lançou, através da Secult-PE e da Fundarpe, os editais Geral e Audiovisual do Funcultura 2015/2016. Aproximadamente R$ 40 milhões do orçamento público para a Cultura do Estado serão destinados a projetos de artistas e grupos de todas as expressões culturais e linguagens artísticas.
Cada vez mais consolidado como o principal mecanismo de fomento à cultura pernambucana, o Fundo Estadual de Incentivo à Cultura, nosso Funcultura, atingiu em 2015 um recorde ao executar mais de R$ 31 milhões em pagamentohs a produtores independentes. Volume superior em 25% comparativamente ao que foi empenhado e pago em 2014.
Para a presidente da Fundarpe, Márcia Souto, “chegamos ao final de 2015 com um resultado bastante positivo no que diz respeito à aplicação dos recursos do Funcultura, são projetos que têm efetivamente contribuído para a visibilidade dos nossos artistas, para a preservação das nossas tradições culturais e incrementado a economia da cultura em todo o estado”, comemorou.
Também como estratégia para aperfeiçoamento do Fundo, as minutas destes novos editais foram alvo de debates e construção coletiva com todos os segmentos artísticos do estado, que participaram no começo deste mês do Ciclo de Escutas do Funcultura.
“Além disso, estamos em pleno processo de diálogos públicos para formulação do projeto de lei que vai ampliar o Sistema de Incentivo à Cultura, prevendo, entre outras ações, o fortalecimento do Funcultura, com destinação mínima anual de R$ 35 milhões, o que a lei atual não garante”, complementou o secretário estadual de Cultura, Marcelino Granja.
SOBRE O EDITAL DO FUNCULTURA GERAL 2015/2016
O edital Funcultura Geral vai incentivar com R$ 20 milhões a produção, a difusão, a pesquisa e a formação nas seguintes linguagens artísticas e áreas culturais: Artesanato; Artes plásticas e gráficas; Circo; Cultura popular; Dança; Design e Moda; Fotografia; Gastronomia; Literatura; Música; Ópera; Patrimônio; e Teatro. Existe ainda a categoria Artes integradas, que possibilita projetos que promovam o diálogo entre diferentes linguagens.
Confira AQUI o Edital e seus anexos
As inscrições de projetos acontecem de 26 de fevereiro a 28 de março de 2016. As propostas poderão ser protocoladas, no horário das 8h às 12h, na sede da Fundarpe, ou enviadas pelos correios, via SEDEX, desde que postado até o dia 28 de março.
Podem participar da seleção pública pessoa física ou jurídica, desde que inscrita regularmente no Cadastro de Produtor Cultural (CPC). Cada produtor deve atualizar seu cadastro anualmente para garantir a participação nos editais. Os interessados no edital Funcultura Geral 2015/2016 podem se inscrever ou atualizar o CPC até 22 de fevereiro, na sede da Fundarpe ou com envio de documentos pelos Correios.
O presente edital é também resultado de discussões ocorridas no Ciclo de Escutas Setoriais, que contou com a participação de artistas e produtores entre os dias 14 e 16 de dezembro deste ano. A partir do diálogo com a sociedade civil, linhas de ação passaram por atualizações.

OFICINAS ESCLARECEM INTERESSADOS EM SUBMETER PROJETOS AO FUNCULTURA AUDIOVISUAL

Durante o mês de janeiro, realizadores audiovisuais de diversos municípios pernambucanos serão contempladas com a realização de 19 oficinas gratuitas integrantes do Ciclo de Capacitações para o Funcultura Audiovisual 2015/2016. A iniciativa do Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, vai esclarecer interessados em submeter projetos ao edital, seja na área do desenvolvimento de produtos audiovisuais ou de ações formativas na área.
Costa Neto
Costa Neto
Serão dezenove oficinas nesta etapa, duas delas em comunidades indígenas do estado
As oficinas, que serão ministradas pela equipe da Coordenação de Audiovisual da Secult-PE, nesta edição também irão contemplar as comunidades indígenas Xukurú do Ororubá (Pesqueira) e a Aldeia Pankararu (Petrolândia). “Estamos intensificando as capacitações pelo interior pernambucano com o propósito de contribuir para que novos produtores possam inserir seus projetos e tenham maior possibilidade de serem aprovados”, destacou Milena Evangelista, coordenadora de Audiovisual. “Entre os assuntos relacionados ao Funcuntura, estaremos dando ênfase também ao Cadastro de Produtores Culturais (CPC), especialmente como forma de identificar os produtores de audiovisual em cada região, além de possibilitar aos participantes a noção de como é feito o procedimento, tanto de inscrição, como de renovação do cadastro”, informou.
Após a conclusão da oficina, os participantes terão direito ao material didático fornecido gratuitamente. Dúvidas sobre o ciclo de capacitações podem ser retiradas através do telefone: (81) 3184-3076, ou pelo e-mail: audiovisualpe@gmail.com
SELEÇÃO PÚBLICA – O Edital Funcultura Audiovisual 2015/2016 foi lançado no dia 30 de dezembro de 2015, e irá contemplar com 19 milhões e 980 mil reais, projetos de obras e eventos do setor nas categorias de longa-metragem, curta-metragem, produtos para televisão, difusão, formação, pesquisa, preservação, cineclubismo e Revelando os Pernambucos. Confira AQUI mais detalhes sobre as inscrições, que devem ser realizadas de 1º de fevereiro a 19 de fevereiro de 2016.
Cronograma do ciclo de capacitações:
Região Metropolitana
Recife
Quando: 6/1, quarta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Museu do Estado de Pernambuco/MEPE (Av. Rui Barbosa, nº 960, Graças, Recife)
Ipojuca
Quando: 8/1, sexta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: SEJUVE – Secretaria Especial de Juventude e Esportes (Travessa São Miguel, 8 – Nossa Senhora do Ó – Ipojuca)
Igarassu
Quando:  11/1, segunda-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Centro de Arte Mestre Narciso Felix (Av. Joaquim Nabuco, s/nº, Sitio Histórico – Igarassú)
Mata Norte
Carpina
Quando:  12/1, terça-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Auditório da Escola Técnica Estadual Maria Eduarda Ramos de Barros (Av. Padre Rocha, s/nº, Carpina)
Goiana
Quando:  13/1, quarta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Sala anexa ao Cineteatro Polytheama (Rua Direita, s/nº, Centro, Goiana)
Mata Sul
- Palmares
Quando:  14/1, quinta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Cineteatro Apolo
Agreste Central
Caruaru
Quando:  15/1, sexta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Museu do Barro de Caruaru (Praça Cel. José de Vasconcelos, nº 100, Centro)
Agreste SetentrionalTaquaritinga do Norte
Quando: 16/1, sábado
Horário: das 14h às 18h
Local: Salão de Festa do Hotel Jorge Eduardo (Rua Professor Luiz Carlos, 89, Taquaritinga do Norte)
Agreste Meridional
Garanhuns
Quando: 18/1, segunda-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Auditório da Secretaria de Educação de Garanhuns (Praça Tavares Correia, 52, Centro – Garanhuns)
Agreste Central
Belo Jardim
Quando: 19/1, terça-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Secretaria de Turismo Cultura e Eventos de Belo Jardim (Rua Coronel Antônio Marinho, 260 – Ayrton Maciel – Belo Jardim)
Pesqueira
Quando: 20/1, quarta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Xukurú do Ororubá – Aldeia Xucurú
Sertão do Moxotó
Arcoverde
Quando: 21/1, quinta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Auditório do Ponto de Cultura Orquestra Sertão (Av. Zeferino Galvão, Centro, n° 642, 1° Andar do CECORA)
Sertão do Pajeú
Serra Talhada
Quando: 22/1, sexta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Sala Multimídia do Museu do Cangaço / Cineclube Lampião (Vila Ferroviária, s/n – Centro – Serra Talhada)
- Afogados da Ingazeira
Quando: 23/1, sábado
Horário: das 14h às 18h
Local: Escola Monteiro Lobato (Rua Osvaldo Gouveia, em frente à Faculdade de Formação de professores)
Sertão Central
Salgueiro
Quando: 25/1, segunda-feira
Horário:  das 14h às 18h
Local: Aguardando confirmação
Sertão de Itaparica
Petrolândia
Quando: 26/1, terça-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Auditório Municipal 06 de março (Centro, Petrolândia)
Indígenas Entre Serras Pankararu (Petrolândia)
Quando: 27/1, quarta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Aldeia Pankararu
Sertão do Araripe
Araripina
Quando: 28/1, quinta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Sala de Vídeo Conferencia da FAFOPA (Bairro Universitário)
Sertão de São Francisco
- Petrolina
Quando: 29/1, sexta-feira
Horário: das 14h às 18h
Local: Espaço Cultural Janela 353 (Rua Antônio Santana Filho, n°353. Centro)

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

SÍTIO PASSAGEM DAS PEDRAS - ONDE NASCEU LAMPIÃO


SÍTIO PASSAGEM DAS PEDRAS - Onde nasceu Lampião - Os visitantes embrenham-se na zona-rural, deliciando a paisagem do sertão, mesmo cenário que viveram os cangaceiros no século passado, com o guia narrando histórias  alusivos a Lampião.
A primeira parada nas PEDRAS onde aconteceu o primeiro confronto armado entre os irmãos Ferreiras (família de Lampião) e Zé Saturnino (primeiro inimigo).
Sem sair da trilha chega-se as ruínas da antiga casa-grande da fazenda Pedreira, pertencente a Zé Saturnino. Onde foi palco de um dos mais emocionantes capítulos da história do cangaço.
Um pouco mais adiante se pisa no Sítio Passagem das Pedras – onde está à casa de Dona Jacosa, avó materna de Virgolino, onde ele nasceu. É como se a família ainda estivesse lá, com sua avó, a Mulher Rendeira, cantando loas... Consta de um maravilhoso acervo em fotografias, utensílio e móveis, objetos e documentos que têm referência com os guerrilheiros do sertão e remete o visitante a um mergulho no mundo mágico do cangaço, por onde começou a saga do mito Virgolino Ferreira da Silva.        

É o ponto de partida da vida daquele que por duas décadas percorreu a maior parte do nordeste brasileiro fazendo justiça com as próprias mãos, pondo em xeque o poderio dos coronéis.
No Sítio tem um passeio pela caatinga em visita ao Riacho de São Domingos, ao sopé da Serra Vermelha.
O Sítio Passagem das Pedras – onde nasceu Lampião – fica situado a 35 km. do centro de Serra Talhada, pela Rodovia Estadual Virgolino Ferreira da Silva (PE 390), na direção da cidade de Floresta.

Visitas agendadas:
Telefones (87) 3831 3860 e (87) 99938 6035