Vídeos

Loading...

quarta-feira, 29 de junho de 2016

CIDADE NATAL DE LUIZ GONZAGA LANÇA CINE CLUBE ARARIPE COM VASTA PROGRAMAÇÃO


Divulgação
Além da exibição de filmes, durante todo o mês de julho haverá uma programação gratuita e extensa com palestras, workshops, seminários e debates sobre o universo cinematográfico
O município de Exu, no sertão, agora conta com um importante aliado para a divulgação da produção cinematográfica pernambucana. Nesta sexta-feira (1/7) acontece a sessão inaugural do Cineclube Araripe, projeto que conta com incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura. Além da exibição de filmes, durante todo o mês de julho haverá uma programação gratuita e extensa com palestras, workshops, seminários e debates sobre o universo cinematográfico.
As atividades, que começam sempre às 19h30, serão realizadas na Biblioteca Pública Luiz Francisco da Silva, vinculada à Escola Municipal São Sebastião de Tabocas, e priorizarão a exibição de trabalhos pernambucanos. Durante o mês de julho, por exemplo, todos os filmes que compõem a grade, com exceção dos curtas de animação, foram dirigidos pelo cineasta Marcos Carvalho, numa produção em conjunto com as comunidades interioranas através do Projeto Cinema no Interior e da Mont Serrat Filmes.
As sessões dos filmes, que começam sempre às 19h30, serão realizadas na Biblioteca Pública Luiz Francisco da Silva, vinculada a Escola Municipal São Sebastião de Tabocas
As sessões dos filmes, que começam sempre às 19h30, serão realizadas na Biblioteca Pública Luiz Francisco da Silva, vinculada à Escola Municipal São Sebastião de Tabocas
A sessão inaugural desta sexta vai exibir quatro filmes pernambucanos com este olhar: Entra, Lua, a Casa é Sua; Boi Ventania; Zoma; Volta pra Casa Luiz. No mesmo dia, haverá um debate com o tema “A produção Audiovisual na Região do Sertão do Araripe”, com a presença de gestores, cineastas, atores, produtores e fazedores de cultura. O público poderá participar ainda do workshop “Princípios básicos da fotografia”, ministrado pelo fotógrafo Lello Santana.
A programação segue no sábado (2), com a palestra “A biodiversidade da Chapada do Araripe e as plantas que curam”, do ator Antônio de Alencar Sampaio. Outros quatro filmes serão exibidos neste dia: Umbilina; O Saco do Velho; A Promessa; e Um Amor ao pôr do Sol.
O Cineclube Araripe, único da região selecionado pelo edital do Funcultura Audiovisual será o primeiro a ser implantado no Araripe e, em breve, estará filiado à Federação Pernambucana de Cineclubes e ao Conselho Nacional de Cineclubes, que tem sede em Brasília.
MAIS  INFORMAÇÕES NO cultura.pe

Nenhum comentário: