Vídeos

Loading...

terça-feira, 19 de julho de 2016

FUNDARPE ANUNCIA VENCEDORES DO PRÊMIO ARIANO SUASSUNA


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura de Pernambuco – Secult-PE e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – Fundarpe, divulgou os vencedores do 1º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia. Lançado em julho de 2015, pelo governador Paulo Câmara, durante a 25ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns, o prêmio destina-se a reconhecer, valorizar e incentivar práticas de transmissão de saberes e fazeres da Cultura Popular, estimular a escrita dramática e revelar novos dramaturgos.
Eric Gomes
Eric Gomes
O Mestre mamulengueiro Zé Lopes, de Glória do Goitá, é um dos contemplados
No segmento Cultura Popular, foram premiadas práticas individuais ou coletivas de transmissão de saberes e fazeres, preservação da memória das expressões populares em todas as suas formas e modos próprios. Na área de Dramaturgia estão sendo premiadas obras inéditas do gênero dramático. Durante o período em que ficou aberto às inscrições, o prêmio recebeu propostas de todas as regiões do estado.
Costa Neto
Costa Neto
O Caboclinho Sete Flexas de Goiana, mais um grupo agraciado com a premiação
Para o segmento de Cultura Popular foram registradas 70 inscrições ao todo, incluindo as categorias “Mestres” e “Grupos”, das quatro macroregiões: Região Metropolitana, Zona da Mata Agreste e Sertão. Em Dramaturgia, o prêmio recebeu 55 inscrições, para as suas três categorias: Teatro de Formas Animadas, Teatro para a Infância e Juventude e Teatro Adulto.
Para o secretário de Cultura do estado, Marcelino Granja, o Prêmio Ariano Suassuna, já em sua primeira edição, mostrou sua potência e relevância, pelo expressivo número de inscrições, vindas de diversas regiões do estado. “O prêmio é também uma demonstração da política do governo no sentido de valorizar nossa cultura popular e literatura. Um compromisso dessa gestão com mestres, mestras, grupos e artistas que representam a base de formação da nossa identidade cultural”, diz Marcelino Granja.
Foto: divulgação
Foto: divulgação
O Samba de Coco das Irmãs Lopes, de Arcoverde
Para a presidente da Fundarpe, Márcia Souto, o prêmio também representa um estímulo à produção, sobretudo na área da dramaturgia. “Apesar da tradição do teatro em Pernambuco ser muito forte, o setor carece da publicação de novos textos. E o prêmio é um marco neste sentido e gerará muitos frutos para o segmento das artes cênicas no estado”, pontua a gestora.
Daniela Nader
O Afoxé Alafin Oyó
A Comissão de Seleção das propostas inscritas no 1º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia, na área de Dramaturgia, contou com a participação dos seguintes profissionais de notório saber: João Denys Araújo Leite, Márcio Luiz Marciano e Ronaldo Correia de Brito, que no período de 13 de maio a 15 de junho, analisaram e pontuaram os textos das categorias de Teatro para Infância e Juventude, Teatro de Formas Animadas e Teatro Adulto. No segmento Cultura Popular, a avaliação das propostas foi feita pelos profissionais Katia Simone Alves Pintor, Luis Henrique Costa dos Santos, Marla da Silva Derzi, Patrícia Araújo dos Reis e Paulo Marques Ferreira.
Magda Silva
Magda Silva
O Mestre Benoni, de Garanhuns, também foi contemplado
PREMIAÇÃO – Os vencedores da categoria Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres serão contempladas com R$ 10 mil, cada. Na categoria Grupo, o valor do prêmio é de R$ 15 mil. Na área de Dramaturgia serão distribuídos prêmios de R$ 10 mil para os primeiros lugares e R$ 7 mil para os segundos lugares de cada categoria. A entrega dos prêmios aos vencedores acontecerá numa cerimônia do Teatro Arraial Ariano Suassuna, no próximo dia 19 de julho.
Jaqueline Maia
Jaqueline Maia
A Mestra Ana Lúcia é mais uma agraciada na área de Cultura Popular
VENCEDORES NO SEGMENTO CULTURA POPULAR
RMR – GRUPO
Proponente: Associação Recreativa Carnavalesca Alafin Oyó
Nome da Obra: Afoxé Alafin Oyó

RMR – MESTRE
Proponente: Ana Lúcia Nunes da Silva
Nome da Obra: Ana Lúcia – A Rainha do Império e o Ofício de Brincar

AGRESTE – GRUPO
Proponente: Anderson José Francisco da Silva
Nome da Obra: Casa do Pife

AGRESTE – MESTRE
Proponente: Benoni Bezerra de Carvalho
Nome da Obra: Mestre Reisado Três Reis do Oriente

ZONA DA MATA – GRUPO
Proponente: Caboclinho União Sete Flexas de Goiana
Nome da Obra: Caboclinho União Sete Flexas de Goiana

ZONA DA MATA MESTRE
Proponente: José Lopes da Silva Filho
Nome da Obra: Mamulengo Teatro Riso

SERTÃO – GRUPO
Proponente: Associação Cultural Samba das Irmãs Lopes
Nome da Obra: Anda a Roda

SERTÃO – MESTRE
A Comissão de avaliação considera que as propostas da categoria Mestres e Mestras de Saberes e Fazeres da Macrorregião Sertão apresentaram documentação comprobatória insuficiente para indicar a premiação.

VENCEDORES NO SEGMENTO DRAMATURGIA
CATEGORIA TEATRO DE FORMAS ANIMADAS:
1º lugar
Texto: Cantigas e histórias na terra do Sabiá ou que é meu é meu e o boi não lambe
Autora: Maria José Bezerra de Oliveira
Município: Recife

2º lugar
Texto: Severino Brincante
Autor: Alex Apolonio Soares
Município: Garanhuns.

CATEGORIA TEATRO PARA INFÂNCIA E JUVENTUDE:
1º lugar:
Texto: Um conto de marias ou de maria flor
Autor: Raphael Gustavo Soares Ferreira
Município: Vitória de Santo Antão

2º lugar:
Texto: O sonho de ent
Autor: André Filho
Município: Recife

CATEGORIA TEATRO ADULTO:
1º lugar:
Texto: Talvez sim, talvez não
Autor: Cleyton José de Andrade Cabral
Município: Olinda

2º lugar:
Texto: A dança ou o evangelho?
Autor: Alberto Vilarinho Amaral
Município: Recife


Nenhum comentário: